sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Sangramento Nasal em Crianças


Qual pode ser a causa de um sangramento nasal?

O nariz começa a sangrar quando a parede de um dos pequenos vasos da mucosa se rompe. Isso acontece normalmente por um motivo completamente inofensivo, como a criança cutucar o nariz, assoar com muita força, ou bater o nariz enquanto brinca. Outro motivo poderia ser a introdução de algo dentro do nariz.

Como tratar um sangramento nasal?

Um sangramento nasal pode ser um evento muito traumático para a criança. Ela ficará assustada e pensará que tem algum problema sério ao ver tanto sangue. Portanto, é importante que os pais permaneçam tranquilos. Devem abraçá-la carinhosamente e tranquilizá-la. A criança precisa sentir-se segura.

Os passos a serem seguidos são:

- Quando a criança estiver sentada, aperte seus orifícios nasais com seus dedos ou uma toalha.

- Aperte a parte inferior e macia do nariz entre o polegar e o indicador.

- A compressão deve ser firme e constante.

- Mantenha o nariz da criança comprimido durante dez minutos. Controle pelo relógio, para certificar-se de que se passaram dez minutos antes de soltá-lo.

- Se a criança for grande o bastante, ensine-a como e onde deve comprimir seu próprio nariz.

- Si tiver alguma dúvida, peça ao seu médico que lhe mostre como comprimir o nariz.

- Pode ser uma boa ideia ler uma historinha ou ver TV enquanto estiver pressionando o nariz, para distrair a atenção da criança.

- Depois que o sangramento nasal tiver parado a criança não deveria participar de nenhuma brincadeira brusca durante algumas horas, para evitar que o sangramento volte.

- Diga ao seu filho que não cutuque, esfregue ou assoe o nariz por alguns dias.

- Se o sangramento continuar repita o mesmo procedimento mais uma vez.

- Se o sangramento não ceder, procure o seu médico.

Por que deve-se pressionar o nariz?

Apertando o nariz, se comprime diretamente o vaso com hemorragia. Isso detém o sangramento e o sangue coagulará fechando a ruptura do vaso.

Por que fazer a criança se sentar?

O sangramento cederá mais rápido se a criança estiver sentada ao invés de deitada. É comum recomendar que uma pessoa com um sangramento nasal se deite, mas isso só faz aumentar a pressão sanguínea na cabeça. Quando a pressão sanguínea aumenta, mais sangue é bombeado pelas artérias, o que faz com que o nariz sangre mais e a hemorragia nasal seja mais difícil de parar. Além disso, ao deitar-se, o sangue correrá até sua garganta e, se a criança engolir muito sangue, vomitará.

Por que algumas crianças têm hemorragia nasal com mais frequência que outras?

Algumas crianças têm vasos sanguíneos mais superficiais em sua mucosa nasal que outras. Por isso, se rompem mais facilmente quando a criança cutuca, assoa ou coça o nariz, ou quando se bate ao brincar.

Alguns pequenos mexem muito no próprio nariz, e por isso estão mais propensos a ter sangramentos nasais. Corte as unhas do seu filho frequentemente. Um pouco de vaselina aplicada sobre a entrada da narina pode amolecer as crostas. Se a criança tem sangramentos nasais com frequência, deve ser levada ao médico para ser examinada. Se o sangramento for causado por um vaso muito superficial, isso pode ser prevenido cauterizando-se a parte anterior da narina. Esse é um procedimento simples e indolor.

Como extrair um corpo estranho do nariz de uma criança?

Se a criança tiver introduzido um corpo estranho em seu nariz, leve-o ao pronto socorro ou ao médico para extraí-lo. As crianças são capazes de introduzir os objetos mais surpreendentes em seu nariz. É melhor que seja o médico que extraia o objeto, para evitar o risco de introduzi-lo ainda mais.

Os sangramentos nasais são perigosos?

Se o seu filho sofre de sangramentos nasais com frequência, ou estes são difíceis de estancar, você deve levá-lo ao médico para que seja examinado. Normalmente, a hemorragia nasal não implica num perigo sério para a criança. Algumas vezes, o sangramento pode ser causado por um problema de coagulação sanguínea. Isso pode ser confirmado através de um exame de sangue.

Quando se deve procurar o médico em caso de sangramento nasal?

- Se existir a possibilidade de que o nariz da criança esteja fraturado.
 
- Se o sangramento não pode ser estancado.

- Se a criança apresenta sangramentos nasais frequentes e que demoram mais de 15 minutos para cessar.

- Se a criança tem um problema respiratório.

- Se a criança sangra em algum ponto a mais como, por exemplo, em seus ouvidos ou gengivas.
 
- Se a criança tem um corpo estranho preso em sua narina.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Bolo de Banana


Esta semana o frio voltou a dar o ar da graça, e veio a vontade de assar um bolo para acompanhar o chá da tarde. A banana, além de dar sabor e aroma ao bolo, dá macies e 'liga' à qualquer massa (de bolo ou pão) sem glúten.

Ingredientes

- 3 bananas caturra (nanica)
- 3 ovos grandes
- ½ xíc. de óleo de canola
- 1 xíc. de açúcar mascavo
- 1 xíc. de farinha de arroz
- ½ xíc. de polvilho doce
- 1 colher (sopa) de fermento químico
- 1 colher (chá) de canela em pó
- 6 castanhas do pará
- 1 colher (chá) de licor (opcional)

Como Fazer

Unte e polvilhe uma fôrma de bolo de anel.
Pré-aqueça o forno a 180oC.

Em uma vasilha grande e funda, bata bem os ovos com um batedor manual.
Junte o óleo e bata até misturar bem e vá adicionando o açúcar aos poucos enquanto bate. (Adcionei aqui uma colher de licor de bergamota, para aromatizar a massa).
Junte a banana muito bem amassada.

Por último, adicione os ingredientes secos peneirados aos poucos, misturando bem.
Junte as castanhas cortadas em lascas.

Derrame a massa dentro da fôrma e leve ao forno baixo por 40-50 min.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Idosos e os Remédios


Os idosos costumam ingerir um grande número de remédios, por isso é bom prestar atenção nesses conselhos para seguir uma medicação segura e adequada.

É comum vermos uma pessoa mais velha tomar muitos remédios diferentes ao longo do dia. A maioria dos idosos convive diariamente com um número muito grande de comprimidos com prescrição médica. Isso implica na necessidade de ter um cuidado especial para que os tratamentos farmacológicos sejam seguros e eficientes.

Segundo os especialistas na área de geriatria, o paciente geriátrico pode sofrer de várias doenças agudas e crônicas ao mesmo tempo, e é comum um mesmo paciente tomar mais de um medicamento. Quando isso acontece, o risco de que ocorram interações ou reações adversas aos medicamentos aumenta. Portanto, deve-se ter muito cuidado no acompanhamento destes pacientes para prevenir situações indesejáveis e estabelecer uma série de normas que facilitem sua administração, continuidade e cumprimento dos tratamentos, para que os objetivos sejam alcançados de forma segura e eficiente.

Seguir as dosagens e as indicações do médico

Na hora de tomar os remédios prescritos pelo médico, é fundamental seguir ao pé da letra as suas indicações, tanto quanto à dosagem como ao modo de ingeri-los. Entretanto, nem sempre se dá importância a essa orientação, por esquecimento, ou por outros motivos. E as consequências desse descumprimento do regime de dosagem dependem das características do medicamento e do tipo de doença, mas podem provocar principalmente uma perda de eficiência ou até mesmo um aumento de sua toxicidade.


Por esse motivo, nestes pacientes, é básica a comunicação entre o médico especialista e o médico de família para que haja um consenso e racionalização sobre o tratamento, com o objetivo de evitar a sobreposição de medicamentos (supermedicação), minimizar os efeitos secundários e as possíveis interações entre medicamentos.

Recomendações Gerais
 
- Evite ter medicamentos que não precisa tomar. Siga exclusivamente o tratamento indicado pelo médico Se resolver se automedicar, no caso do surgimento de sintomas menores, sempre peça um conselho prévio ao seu médico ou farmacêutico, explicando todos os tratamentos que fazem parte do seu regime terapêutico.


- Leve em consideração que, ao seguir tratamentos com produtos naturais que não se consideram medicamentos, você deve informar sobre eles ao seu médico ou farmacêutico, já que esses produtos podem ter atividade farmacológica e, portanto, podem afetar o seu tratamento.

- Conheça os remédios que toma. Recomenda-se ter uma lista de todos os medicamentos, constando os nomes, porque está tomando, a dose administrada e com que frequência, quando o tratamento começou e por quanto tempo deve continuar.


- Se os medicamentos não são administrados por um enfermeiro, deve-se conhecer a técnica exata de administração. Em caso de dúvidas, pergunte aos profissionais de saúde (médico, enfermeiro ou farmacêutico), já que o tratamento pode falhar por uma técnica de administração incorreta.


- Deve-se considerar o período do dia em que as drogas são tomadas. Se não lhe indicaram claramente quando deve tomar os medicamentos, informe-se. Talvez não seja indiferente tomá-los pela manhã ou à noite, já que, por exemplo, o objetivo seja que a ação farmacológica se produza preferencialmente em um período determinado do dia (exemplo: medicamentos para a insônia antes de ir a dormir), ou ao contrário, porque se queira precisamente evitar algum efeito indesejável (exemplo: evitar a administração dos diuréticos no final da tarde, para evitar levantar-se para ir ao banheiro durante a noite).


- Se você dirige ou o manipula máquinas ou utensílios de cozinha, convém perguntar se o medicamento que foi prescrito pode afetar sua prontidão ou habilidade manual.


- Quando iniciar ou finalizar um tratamento fique alerta para o possível surgimento de efeitos colaterais, ou interações indesejáveis entre medicamentos.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Pão-de-Ló


O pão-de-ló talvez seja a massa de bolo mais versátil entre as receitas da confeitaria. Macia e flexível, pode ser enrolada para fazer um delicioso rocambole. Ou assar discos de pão-de-ló para montar tortas e bolos, em camadas e com recheios variados. E o melhor de tudo é que a receita do pão-de-ló pode levar polvilho doce (ou maisena) no lugar da farinha de trigo, com um resultado igualmente satisfatório.

Esta semana assei dois discos de pão-de-ló e montei um bolo recheado com molho de goiabada, e cobertura de leite condensado, polvilhado com coco ralado. Uma receita simples e deliciosa!

Ingredientes

- 6 ovos grandes
- 5 colheres (sopa) açúcar
- 5 colheres (sopa) polvilho doce 
- 1 pitada de sal
- 1 colher (sopa rasa) de fermento químico
- raspas de casca de limão
- 3/4 xíc. de goiabada
- leite condensado
- coco ralado

Como Fazer

Unte e polvilhe duas formas redondas. Reserve.
Pré-aqueça o forno a 180oC.

Separe as claras das gemas.

Na batedeira, bata as claras em neve (com uma pitada de sal), até formar picos.
Sem parar de bater, junte as gemas, uma a uma.

Batendo, junte as colheres de açúcar, e em seguida, o polvilho e o fermento.
Adicione as raspas de limão e misture delicadamente.

Divida a massa entre as duas formas untadas.
Leve ao forno por cerca de 20 minutos.
Desenforme e deixe esfriar sobre um pano.

Enquanto isso, bata a goibada com um pouco de água no liquidificador.
Leve ao fogo para engrossar.

Monte o bolo, recheando com o molho de goiabada, e cobrindo o disco de cima com leite condensado. Polvilhe com coco ralado.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Batata-Doce em Palito


Batatas-doces brancas fritas ficam deliciosas, mas para uma versão bem menos gordurosa e saudável, prepare-as assadas no forno. Acompanhe de carne ou peixe grelhado.

Ingredientes (4 porções)

-2 batatas-doces brancas grandes
-azeite de oliva
-sal

Como Fazer

Pré-aqueça o forno a 200ºC.

Descasque e corte as batatas em palitos grossos.

Coloque-as dentro de uma vasilha, tempere com um pouco de sal e envolva-as com azeite de oliva.

Distribua as batatas sobre a grade de uma assadeira, numa camada única.

Asse por 30 minutos, virando as batatas na metade do tempo, até ficarem douradas e cozidas por dentro.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Qual a Porcentagem de Gordura no Leite



O leite, que sempre fez parte essencial da alimentação do ser humano, atualmente pode ser encontrado nas mais variadas formas no mercado.
Tanto pela variedade como pela quantidade de informações desencontradas sobre as propriedades do leite, o consumidor acaba confuso... O leite integral tem os mesmos nutrientes que o desnatado? Quanta gordura a mais tem um em relação ao outro?

Segundo o Conselho Europeu de Informação sobre a Alimentação, estas são algumas questões que interessam ao consumidor:
Os benefícios do leite: Como parte de uma dieta equilibrada e saudável, o leite fornece vários nutrientes essenciais necessários para o bom crescimento e para a saúde de ossos e dentes.

Assim, por exemplo, é uma fonte muito valiosa de cálcio, já que um copo de 200 ml fornece um terço da quantidade diária recomendada.
O leite também fornece proteínas, vitaminas do grupo B, e minerais (além do cálcio) como fósforo, iodo, potássio, magnésio e zinco.

Tipos de Leite: O consumo de leite varia muito nos distintos países europeus, onde a maioria dos consumidores pode escolher entre leite integral, semidesnatado e desnatado – igual ao Brasil.
Mas qual é o significado exato da quantidade de gordura em cada um desses tipos de leite? Resumidamente, é o seguinte:

- Leite integral natural, cru ou processado: é o leite ao qual não se adicionou nem eliminou nada. Contém: 3,5-5% de gordura, dependendo da raça da vaca, seu estágio de lactação e ração.
- Leite integral padrão: leite pasteurizado com 3,5-4% de gordura.

- Leite semidesnatado: é eliminada a metade da gordura (nata). 1,5-1,8% de gordura.
- Leite desnatado: é eliminada quase toda a gordura. Menos de 0,5% de gordura.

- Leite sem lactose ou com redução de lactose: eliminado parcial ou totalmente o açúcar presente no leite (lactose). Ideal para pessoas com intolerância à lactose.
É preciso esclarecer que o cálcio, as proteínas e a maioria dos demais nutrientes do leite estão quase ausentes da nata e, por isso, desnatá-lo, ou seja, remover a gordura no mesmo, não elimina nenhum desses elementos nutritivos.

A conservação do leite: A maior parte do leite que bebemos foi pasteurizada, ou processada para ter o que se chama de ‘vida útil estendida’ (ESL - Extended Shelf Life), ou com temperaturas ultra-altas (Ultra-High Temperature - UHT).

O primeiro (ESL) dura por volta de 3 semanas e equivale ao leite fresco, enquanto que o segundo (UHT) dura vários meses sem refrigeração, desde que  esteja embalado à vácuo, embora uma vez aberto dure o mesmo que o leite fresco.

É importante levar-se em conta que o leite cru tem uma vida útil muito curta e seu consumo é menos seguro devido à possível presença de micro-organismos contaminantes.


sábado, 18 de agosto de 2012

Bolo de Café


Um bolo maravilhoso para ser servido como sobremesa, ou no café da tarde. Um pão-de-ló recheado por um creme de café, e com uma cobertura de chocolate derretido. Prepare de véspera.

Ingredientes

Para o pão-de-ló
- 8 ovos
- 6 colheres (sopa) açúcar
- 6 colheres (sopa) polvilho doce

Para o creme:
- 1 xíc. de café forte
- 7 gemas
- 4 colheres (chá) gelatina em pó
- 1 ¼ xíc. de creme de leite fresco
- 1 colher (sopa) + 1 colher (chá) açúcar´
Cobertura
- 6 xíc. de leite quente
- 500 g de chocolate (sem glúten) para cobertura

Como Fazer

Pré-aqueça o forno (180°C).
Unte duas formas redondas (24 cm).
Pão-de-ló:
Na batedeira, bata as claras em neve, junte as gemas, uma a uma, sem parar de bater.
Coloque o açúcar aos poucos, batendo sempre.
Por fim, as colheres de polvilho, uma a uma, batendo.

Divida a massa nas duas assadeiras redondas, e leve ao forno por uns 20 min.
Desenfome e deixe esfriar.

Cobertura:
Umedeça a gelatina em ½ xíc. de água e leve ao fogo brando até que se dissolva.

Despeje numa panela ½ xíc. de creme de leite, as gemas e o café e engrosse em fogo brando, mexendo sempre.

Misture a gelatina ao creme fora do fogo e deixe esfriar.

Bata o creme de leite restante com o açúcar até obter consistência de chantilly.
Acrescente ao creme de café e misture.

Divida cada pão-de-ló em duas partes.

Forre com papel-manteiga o fundo de uma fôrma redonda (24 cm) e monte o bolo, intercalando pão-de-ló e creme.

Deixe na geladeira por 12 horas.

Para a cobertura, derreta o chocolate no leite quente, mexendo sempre.

Desenforme o bolo num prato e cubra com a cobertura.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Aperitivo de Azeitonas


Um aperitivo ‘quente’ que combina bem com um dia de verão, e uma cerveja bem gelada!

Ingredientes

- azeitonas grandes
- açafrão
- melão em cubinhos
- alecrim

- pimenta vermelha
- curry  em pó
- bacalhau seco
- azeite de oliva

Como Fazer


Em um pilão, amasse junto o açafrão com o alecrim.

Coloque as azeitonas (sem caroço) dentro de uma vasilha, com a pimenta bem picada, mais uma pitada de curry.

A seguir, junte o alecrim com açafrão macerados, o melão em cubos e o bacalhau.

Por último, adicione o azeite de oliva.
Misture tudo para mesclar bem os ingredientes.

Deixe descansar por uns 20 minutos.
Dica: utilize uma pimenta conhecida, para não ficar picante demais.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Embalar Presente com Guardanapos

 
Uma alternativa ao tradicional papel de presente são os guardanapos de papel, ou mesmo de pano. Um guardanapo de papel grande, com uma bela estampa, pode dar um efeito surpreendente a qualquer embalagem de presente.


Um presente envolto por um guardanapo de pano bem engomado (aqui amarrado por uma fita de couro), e o resultado é um visual bonito e elegante.

Veja como fazer este belo pacote, passo a passo.
clique abaixo...

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Como Preparar Coquetéis


É preciso muita prática para preparar um drinque perfeito... Quais utensílios usar, quando usar gelo, como acertar as medidas... As dúvidas são muitas, mas essas dicas úteis vão te ajudar a virar um autêntico ‘bartender’.

- Todos os ingredientes utilizados - licores, sucos ou frutas - devem ser de boa qualidade. Também é preferível utilizar as quantidades indicadas e não outras, para não alterar o sabor da composição.

- Conteúdo e recipiente são dois elementos fundamentais. A fórmula e a dose indicadas devem ser seguidas, já que cada receita foi criada para obter sabores, aromas e cores harmônicos. Além disso, o modelo de copo ou taça indicado deve ser o utilizado. Cada bebida é servida em um recipiente determinado, o que permite medir a quantidade exata de acordo com a graduação de todos os elementos.

- A ordem dos fatores altera sim o produto. Siga as combinações com atenção, misture na ordem indicada e na medida exata. Deve-se medir e contar as gotas, ‘splashes’ e colheradas que serão adicionadas.

- Salvo se indicado o contrário, coloque gelo em todos os drinques. Sua função, além de esfriar a bebida, é suavizar o álcool, fusionar os licores e realçar o aroma. Mas é importante utilizar com precisão, pois se a quantidade for muito grande, o gelo irá liquefazer o coquetel, baixar sua graduação e isso afetará o sabor.

- Se vamos preparar dois drinques diferentes, não é recomendável utilizar o mesmo gelo. Também é preferível que seja feito com água mineral, já que a água da torneira contém cloro.

- Tanto a coqueteleira como os demais utensílios devem ser de prata ou de aço inoxidável. Outros metais desprendem um sabor desagradável dentro das bebidas alcoólicas.

- Se a receita não diz o contrário, deve-se coar o coquetel antes de servi-lo para que o gelo ou a polpa da fruta não escorra.

- Antes de misturar os ingredientes na coqueteleira ou no copo misturador, deixe preparado o copo ou taça onde irá servir a bebida.

- A batida da coqueteleira é fundamental. Agite com movimentos enérgicos e uniformes.

- Na hora de transferir o drinque, faça-o com delicadeza. Algumas bebidas, devido à sua grande fusão, devem ser transferidas com muita suavidade.


Quando servir cada tipo de drinque?

Um coquetel para cada momento do dia.

Assim como acontece com os vinhos, há coquetéis mais apropriados para determinadas situações. Há drinques de praticamente todas as cores e sabores. Preparar coquetéis é uma arte em que tudo é possível, graças ao talento e imaginação dos grandes 'cocktailmen'. Entretanto, nem todas as combinações são igualmente adequadas para cada momento: o mesmo não vale para a hora do aperitivo ou para o meio da tarde; num dia quente o que mais nos apetece é refrescar o paladar; num dia frio, uma bebida que nos dê uma sensação de conforto... Veja algumas orientações básicas:

Hora do aperitivo:
Recomendam-se combinados como o Martini (em qualquer de seus três tipos: seco, demi-seco ou doce), o daiquiri, o Manhattan... Em geral, os que não estejam carregados de licores doces, nem levem ovo, leite, creme de leite, canela, etc. Também são recomendáveis os ‘sem álcool’ e os sucos de frutas (de tomate, laranja, limão, uva, abacaxi, etc.).

Para refrescar:
Os chamados ‘fizz’ (bebida muito agradável para consumir a qualquer hora do dia, particularmente quando o organismo está cansado). De todos eles, o Gin Fizz é o mais popular. Uma boa opção os preparados com água ou sifão.

Os mais nutritivos:
No lanche, ou quando ainda falta um bom tempo para a refeição, sendo propícios aqueles drinques que levam ovo, nata, leite... É o caso dos chamados ‘flips’ (todos eles tendo gema de ovo como ingrediente).

Para entrar no calor:
Os ‘grogs’ ou os ponches, servidos aquecidos, à base de bebidas como conhaque, run, ou whisky.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Mousse de Melancia com Hortelã


Ingredientes (4 porções)

- 300 ml de suco de melancia
- 8 rodelas finas de melancia
- 150 ml de creme de leite fresco
- 80 g de açúcar.
- 5 folhas de gelatina
- folhas de hortelã

Como Fazer

Faça um creme chantilly batendo a nata com o açúcar e reserve.

Separe parte do suco de melancia e aqueça um pouco.
Enquanto isso mergulhe as folhas de gelatina em água fria e incorpore o suco quente para dissolvê-las.

Pique a hortelã e misture tudo, derrame o creme em moldes de silicone, coloque a rodela de melancia (cortada em círculo do tamanho do molde) e deixe gelar no refrigerador.

Tire da geladeira e desenforme, decorando com folhas de hortelã.
Dica: se preferir, sirva o mousse diretamente em taças.

domingo, 12 de agosto de 2012

Frutas no Papillote


Cozinhar alimentos dentro de um pacote - papillote – é uma técnica das mais simples, e dá um sabor todo especial a pescados e legumes, por exemplo. Agora, que tal preparar um papillote de frutas, e assim preservar todo o perfume e suculência delas? Veja como é fácil!

Ingredientes

- 2 kiwis fatiados
- 4 maracujás (a polpa)
- 1 manga
- 2 bananas fatiadas
- 100 ml de suco de laranja
- 1 vagem de baunilha
- 75 g de açúcar
- 4 folhas de louro (pequenas)
- 24 grãos de pimenta rosa

Como Fazer

Descasque e retire o caroço da manga.
Corte a vagem de baunilha e reserve as sementes.

Pré-aqueça o forno a 180º C.

Coe a polpa do maracujá, reserve o suco e jogue fora as sementes.
Bata no liquidificador o suco de laranja, ¼ da manga e o açúcar.
Misture com o suco de maracujá.
Adicione as sementes de baunilha.

Corte 4 quadrados de 30 cm cada, de papel manteiga.
Corte o resto da manga em fatias e divida junto com a banana e o kiwi pelos quadrados de papel.

Corte a vagem de baunilha em quartos e coloque um pedaço em cada monte de frutas.
Em cada monte, coloque um pouco de pimenta e uma folha de louro.

Dobre cada papel ao meio e dobre as pontas para fechar bem o recheio.
Coloque os papillotes dentro de uma assadeira e leve ao forno por 10 minutos.
Sirva quentes e ainda embrulhados.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Patê de Feijão Branco


Essa pasta de feijão pode ser servida com pão, torradas, ou como acompanhamento de pratos de carne.

Ingredientes

- 1 lata de feijão branco
- 1 dente de alho
- 4 colheres (sopa) azeite de oliva
- 1 colher (chá) alecrim
- 2 colheres (sopa) manjericão
- vinagre balsâmico
- sal e pimenta

Como Fazer

Escorra a lata de feijão branco e passe por água.

Coloque dentro do processador junto com o alho, alecrim picado, azeite, manjericão, e umas gotas de vinagre balsâmico.

Bata para misturar.

Tempere com sal e pimenta.

Bata novamente até obter uma pasta densa.

Ao servir, regue com mais azeite de oliva.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Parfait de Banana e Chocolate


Uma sobremesa deliciosa, que é uma verdadeira refeição!

Ingredientes

- 2 bananas
- ½ xíc. framboesas
- 3 claras de ovo
- 6 colheres (sopa) açúcar
- calda de chocolate
- flocos de milho
- sorvete de chocolate
- raspas de chocolate amargo

Como Fazer

Bata as claras em neve com açúcar (ou prepare um creme chantilly).


Corte as bananas em rodelas.


Monte a sobremesa em copos altos (ou taças):

Distribua os ingredientes em camadas: flocos de milho, chantilly, rodelas de banana, calda de chocolate (ou caramelo), uma bola de sorvete, mais chantilly, calda e raspas de chocolate.



Enfeite com fatias de banana e framboesas (ou morangos).


Sirva imediatamente.

sábado, 4 de agosto de 2012

Decoração: Buquês de Flores


Um belo buquê de flores naturais dá vida a qualquer aposento da casa.
Veja algumas ideias de como decorar com flores, usando suportes diferentes, fugindo do tradicional vaso de cristal.

clique abaixo para ver as dicas...

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Linguiça com Batatas Assadas


Um prato ‘rústico’, com dois ingredientes tradicionais da culinária europeia, a batata e a lingüiça. Você pode escolher a lingüiça de sua preferência, de porco, ou frango, mais ou menos picante.

Ingredientes

- 1 kg batatas
- 1 xíc. creme de leite fresco (nata)
- ¼ xíc. queijo parmesão ralado
- ¾ xíc. queijo gruyere ralado
- 2 colheres (chá) tomilho fresco
- 1 colher (sopa) mostarda Dijon
- ½ colher (chá) noz-moscada
- 1 colher (sopa) azeite oliva
- sal e pimenta
- 600 g de lingüiça fresca
- 250 g de tomates cereja

Como Fazer

Descasque e corte as batatas cortadas em palitos grossos.
Corte os tomates cereja ao meio.

Pré-aqueça o forno a 200º C.
Unte uma forma redonda de fundo removível.
Forre a parte externa com papel alumínio para prevenir que vaze.

Cubra a base da fôrma com três camadas de batatas e queijo.

Misture nata, tomilho, mostarda, noz-moscada e tempere com sal e pimenta.

Derrame o creme sobre as batatas.

Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 20 minutos, ou até as batatas estarem douradas e macias.

Enquanto isso e aqueça o azeite numa frigideira grande, em fogo médio.
Frite as linguiças virando sempre, até ficarem douradas.
Adicione o tomate e cozinhe uns 5 minutos.

Passe uma faca de manteiga pela borda interior da fôrma para soltar a batata assada.
Abra a fôrma e deslize o assado para uma tábua.
Corte em fatias e sirva com as linguiças e o tomate.
Dica: acompanhe de geleia de cebola.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Torta de Frango Econômica

Esse frango desfiado cremoso é uma receita muito prática e econômica. Pode-se variar alguns ingredientes, como por exemplo, trocar o milho verde por folhas de espinafre, ou ervilhas. Ou, se quiser sofisticar o prato, adicione queijos diferentes, ou tiras de presunto defumado.

Ingredientes

- 1 ½ kg de peito de frango

Para o creme:
- 4 copos de leite
- 1 colher (sopa) margarina
- 3 colheres (sopa) de salsa picada
- 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
- 2 colheres (sopa) de farinha de arroz
- 1 lata de milho verde
- sal a gosto
- 1 pitada de noz moscada (opcional)

Como Fazer

Primeiro tempere o frango com sal e pimenta a gosto.

Cozinhe o frango em uma panela com água - se preferir, dissolva um caldo de galinha na água, para temperar a carne.

Desfie o frango e distribua sobre o fundo de uma travessa previamente untada.

Misture bem os ingredientes do creme.

Derrame o creme sobre o frango desfiado, cubra com fatias de queijo mussarela.
Se quiser, polvilhe orégano fresco, ou seco.

Leve ao forno quente para gratinar.

Acompanhe de arroz e salada verde.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails