segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Qual a Porcentagem de Gordura no Leite



O leite, que sempre fez parte essencial da alimentação do ser humano, atualmente pode ser encontrado nas mais variadas formas no mercado.
Tanto pela variedade como pela quantidade de informações desencontradas sobre as propriedades do leite, o consumidor acaba confuso... O leite integral tem os mesmos nutrientes que o desnatado? Quanta gordura a mais tem um em relação ao outro?

Segundo o Conselho Europeu de Informação sobre a Alimentação, estas são algumas questões que interessam ao consumidor:
Os benefícios do leite: Como parte de uma dieta equilibrada e saudável, o leite fornece vários nutrientes essenciais necessários para o bom crescimento e para a saúde de ossos e dentes.

Assim, por exemplo, é uma fonte muito valiosa de cálcio, já que um copo de 200 ml fornece um terço da quantidade diária recomendada.
O leite também fornece proteínas, vitaminas do grupo B, e minerais (além do cálcio) como fósforo, iodo, potássio, magnésio e zinco.

Tipos de Leite: O consumo de leite varia muito nos distintos países europeus, onde a maioria dos consumidores pode escolher entre leite integral, semidesnatado e desnatado – igual ao Brasil.
Mas qual é o significado exato da quantidade de gordura em cada um desses tipos de leite? Resumidamente, é o seguinte:

- Leite integral natural, cru ou processado: é o leite ao qual não se adicionou nem eliminou nada. Contém: 3,5-5% de gordura, dependendo da raça da vaca, seu estágio de lactação e ração.
- Leite integral padrão: leite pasteurizado com 3,5-4% de gordura.

- Leite semidesnatado: é eliminada a metade da gordura (nata). 1,5-1,8% de gordura.
- Leite desnatado: é eliminada quase toda a gordura. Menos de 0,5% de gordura.

- Leite sem lactose ou com redução de lactose: eliminado parcial ou totalmente o açúcar presente no leite (lactose). Ideal para pessoas com intolerância à lactose.
É preciso esclarecer que o cálcio, as proteínas e a maioria dos demais nutrientes do leite estão quase ausentes da nata e, por isso, desnatá-lo, ou seja, remover a gordura no mesmo, não elimina nenhum desses elementos nutritivos.

A conservação do leite: A maior parte do leite que bebemos foi pasteurizada, ou processada para ter o que se chama de ‘vida útil estendida’ (ESL - Extended Shelf Life), ou com temperaturas ultra-altas (Ultra-High Temperature - UHT).

O primeiro (ESL) dura por volta de 3 semanas e equivale ao leite fresco, enquanto que o segundo (UHT) dura vários meses sem refrigeração, desde que  esteja embalado à vácuo, embora uma vez aberto dure o mesmo que o leite fresco.

É importante levar-se em conta que o leite cru tem uma vida útil muito curta e seu consumo é menos seguro devido à possível presença de micro-organismos contaminantes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails