terça-feira, 30 de novembro de 2010

Decoração: Velas


As luzes suaves e aconchegantes das velas, parte esencial de uma decoração natalina.
Algumas idéias para decorar sua mesa, e impressionar os convidados.

clique abaixo para ver mais...

Piña Colada


Mais um coquetel clássico de verão!

Ingredientes (por pessoa)

- 40 ml de leite de coco
- gelo picado
- rodelas de abacaxi natural
- 60 ml de run
- 80 ml de suco de abacaxi

Como Fazer

Em uma coqueteleira misture o run, o leite de coco, o suco de abacaxi e o gelo picado.
Agite bem. Corte triângulos das rodelas de abacaxi.

Finalização
Sirva em copo ou taça (com gelo picado) e prenda na borda o abacaxi cortado.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Mousses de Chocolate Branco e Chocolate Preto


Ingredientes (4 porções)

Mousse Chocolate Branco
- 125 g de chocolate branco*
- 60 g de manteiga sem sal
- 4 folhas de gelatina
- 100 ml Grand Marnier
- 4 ovos
- 15 ml de nata (creme de leite fresco)

Mousse Chocolate Preto
- 4 ovos
- 30 g de manteiga sem sal
- 175 g de chocolate ao leite (ou meio-amargo)*
- 100 g de chantilly
- 200 ml de run

*Leia os rótulos dos chocolates para ver se os mesmos não contém glúten.

Como Fazer

Mousse de chocolate branco

Derreta o chocolate branco em banho-maria, em temperatura bem baixa.
Tire do fogo e junte a manteiga mole.

Com uma varinha de bater, trabalhe bem as gemas até que comecem a ficar esbranquiçadas e então as incorpore ao chocolate.

Coloque a gelatina em água fria e quando estiver amolecida, dilua-a no licor quente. Coe o licor e adicione-o à mistura de chocolate.

Bata as claras e a nata em separado.

Quando o chocolate estiver frio, misture as claras, e por último, a nata, com muito cuidado para que o mousse não perca a leveza.

Deixe o mousse na geladeira até o momento de servi-lo.

Mousse de chocolate preto

Derreta o chocolate preto em banho-maria com a manteiga.

Bata as gemas em banho-maria com o licor e quando dobrar de volume misture o chocolate e deixe que esfrie um pouco.

Adicione o creme chantilly e, finalmente, as claras em ponto de neve, mesclando com cuidado para que não perca o volume. Guarde o mousse na geladeira até servir.


Dica: o run pode ser substituído por outro licor, como brandy, licor de laranja, etc.

sábado, 27 de novembro de 2010

Salada de Quinua e Algas

A Quinua (ou quinoa) é um antigo grão originário dos Andes, rico em proteínas, vitaminas e minerais - e não contém glúten!



Ingredientes

- 1 xíc. quinua
- 2 xíc. caldo de galinha (ou legumes)
- 1 cenoura grande
- ½ pimentão vermelho
- ½ molho de coentro
- ¼ xíc. castanha-de-caju torrada
- 1 folha de alga nori (tostada)
- 1 colher (sopa) sementes de gergelim (torradas)

Para o Tempero

- suco de 1 limão
- 2 colheres (chá) óleo de gergelim
- 1 c.c. gengibre (ralado fino)
- 1 c.c. molho de soja
- 1 c.c. mel

Como Fazer

Pique grosseiramente o coentro. Pique as castanhas em pedaços grandes. Pique a folha de alga (previamente tostada) bem fininho.

Lave a quinua, enxaguando em água fria e escorrendo bem.

Aqueça o caldo em uma panela de tamanho médio e junte a quinua, cozinhando por 15 minutos, até ficar macia. O líquido deve evaporar no fundo da panela, mas cuidado para não queimar – adicione um pouco mais de caldo ou água se preciso. Reserve.

Enquanto isso, corte a cenoura e o pimentão em tiras ‘à Juliana’ e coloque na saladeira. Junte o coentro, castanhas, sementes de gergelim e a quinua.

Para fazer o tempero da salada, misture todos os ingredientes e bata levemente. Tempere a salada e misture com cuidado, polvilhe com a alga picada e um pouco mais de sementes de gergelim. Sirva em seguida.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Decoração: Bolas de Natal


As bolas de Natal, feitas dos materiais mais variados, são acessórios que ficam lindos não apenas no pinheiro, mas em guirlandas, centros de mesa, etc. Use sua criatividade e faça uma decoração de Natal brilhante!


Clique abaixo para ver mais idéias...

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Cogumelos Recheados com Quinua


Você vai precisar de cogumelos grandes, com bordas altas. Os muito achatados não servem, pois o recheio vai cair fora. Essa receita usa quinua, mas pode-se usar cuscuz. Outra opção é enriquecer o recheio com 3 ou 4 colheres (sopa) de creme de leite.
É um prato fácil de fazer, mas que requer um certo tempo de antecedência no preparo.


Ingredientes (para 3 porções)

- 6 cogumelos grandes (cerca de 80-90 g, cada)
- 6 colheres (sopa) de azeite de oliva
- 6 colheres (sopa) de água ou caldo de legumes

Para o Recheio
- 1 cebola média
- 30 g de manteiga (mais para untar)
- 1 dente de alho
- 1 colher (chá) de estragão fresco picado
- 100 g de quinua
- 250 g de acelga (4 folhas grandes e seus caules)
- 6 colheres (sopa) de parmesão ralado

clique abaixo para ver como preparar os cogumelos...

Um Doce Natal

Bolos, Cupcakes, Biscoitos... Enfeite a mesa de Natal com essas gostosuras!
Tão lindos que dá pena de comer!


Os "cupcakes", tão em moda, funcionam como decoração belíssima de Natal.

Um toque especial na decoração de um simples bolo de chocolate.

Com fatias de bolo de chocolate, monte uma divertida árvore natalina.


A doçura do pão de mel: Quebra-cabeças ou "Gingerbread House".



Feliz Natal!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Bolinhas de Queijo Cremoso


Uma receita fácil é rápida de aperitivo para servir no Natal, e que deve agradar muito as crianças.


Ingredientes

- 1 pote de cream cheese (tipo filadélfia)*
- 100 g de queijo camambert, brie ou roquefort*
- 1 colher (chá) de cebola desidratada (ou 1 cebolinha picada bem fina)
- uvas passa, amêndoas picadas, sementes de gergelim (para decorar)
- palitos de madeira

*obs.: se tiver intolerância não esqueça de ler o rótulo dos queijos industrializados para ver se os mesmos não contém glúten.

Como Fazer

1. Em uma vasilha, misture o queijo filadélfia, o segundo queijo de sua escolha e a cebola desidratada, batendo bem até ficar bem homogêneo.

2. Faça bolinhas com o queijo e cubra cada um com uma camada fina do ingrediente que mais goste: uvas passa, gergelim ou amêndoas picadas. Coloque os palitos e leve ao refrigerador, até a hora de servir.

3. Sirva as bolinhas com torradinhas, palitos ou bolachinhas salgadas! Ou se preferir um acompanhamento mais saudável, palitos de legumes (cenouras, aipo, etc.)

Aspargos com Bacon


Rolinhos de aspargos frescos e bacon, assados. Sirva como entrada ou acompanhamento.

Ingredientes: aspargos frescos, bacon em fatias.
Material: Fôrma de alumínio com grelha.

clique abaixo para ver a receita, passo a passo...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Decoração: Mesas de Natal

Algumas sugestões para a decoração da mesa natalina.
Uma dica importante é pensar no cardápio antes de escolher a decoração da mesa.
Por exemplo, se você optar por pratos tropicais, mais leves, acompanhe com uma mesa mais simples - mas pode ser bem colorida.
Para um cardápio mais tradicional, como o peru, frutas secas, etc, escolha uma mesa com os tons clássicos do natal, como o vermelho, ou o dourado.
Não é preciso gastar muito para ter uma mesa elegante. Velas e flores, ou frutas são o bastante para montar uma decoração bonita. Escolha pratos brancos, e deixe o toque especial para as taças, talheres e castiçais.

Uma mesa simples, mas elegante. Pratos brancos, taças transparentes simples, um vaso de flores no centro, um trilho central para proteger a mesa do calor das velas e dos pratos quentes.
Essa já é uma mesa mais sofisticada, por conta das taças com detalhes dourados e os castiçais de vidro.

Branco e vermelho, as cores mais clássicas da decoração natalina. Repare no fundo da mesa, a bonita decoração da torta e as bolas brancas e vermelhas. Você pode fazer em casa estrelas de papel como as do tutorial que postei anteriormente. Vai ficar lindo!

Outra decor em branco e vermelho, muito simples, com pratos brancos e taças transparentes. O detalhe chic está nos castiçais. 

Finalmente, uma decoração ultra-colorida! A toalha pink dá um toque divertido à essa mesa de estilo meio "rococó".

Brownies de Natal


Este bolo fica lindo enfeitando a mesa de Natal. Sirva com café expresso, na hora de distribuir os presentes.


Ingredientes

- 250 gramas de chocolate meio-amargo
- 180 gramas de manteiga amolecida
- 150 gramas de açúcar
- 200 gramas de farinha de arroz
- 2 colheres (sopa) de chocolate em pó
- 1 colher (chá) de fermento químico
- 1 pitada de sal
- 3 ovos
- 2 colheres (chá) de extrato de baunilha
- 300 g de chocolate meio-amargo
- estrelinhas de chocolate (ou chocolate granulado)

Como Fazer

Pré-aqueça o forno a 180º.

Derreta em uma panela pequena 150 g de chocolate picado e a manteiga.

Numa tigela, peneire o açúcar refinado, a farinha, o chocolate em pó, o fermento e o sal.
Misture os ingredientes secos ao chocolate. Junte os ovos e a baunilha e misture bem.

Despeje a massa em uma fôrma retangular untada com margarina.
Leve ao forno por 20-30 minutos.

Deixe o bolo esfriar. Corte em cubos de 4 centímetros.

Pique o chocolate restante e derreta dentro de uma tigela inox, em banho-maria

Cubra os brownies com o chocolate derretido e deixe escorrer e secar em uma grelha.

Enfeite com estrelas de chocolate, ou outra decoração, deixe secar e polvilhe com açúcar de confeiteiro.

Estrela de Papel

Uma delicada estrela de Natal para decorar sua janela.
Para fazer a estrela é muito simples, basta seguir o tutorial.
clique aqui para ver...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Tiramisu de Papaya e Kiwi


Ingredientes

- 8 kiwis
- 2 mamões papaya
- 250 g de queijo mascarpone
- 1 xíc. creme de leite
- 40 g açúcar
- 2/3 xíc. de suco de limão
- 1 xíc. de água e 1 xíc. de açúcar
- pão-de-ló (massa de polvilho ou maisena), ou waffel de polvilho

Como Fazer

Descasque e corte as frutas em cubos ou fatias.

Faça um creme chantilly com 40 g açúcar, o creme de leite e o mascarpone.

Faça uma calda de açúcar e deixe esfriar. Derrame em fio sobre o kiwi.

Em taças ou copos, monte as camadas do tiramisu: uma fatia de bolo (corte no formato e tamanho do copo), cubos de kiwi, mascarpone, repita essas camadas mais uma vez e no topo coloque as fatias de papaya.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Salada de Abacaxi e Brócolis

Essa salada refrescante pode se transformar no molho de um prato de macarrão, ou na cobertura de uma pizza. Delícia!


Ingredientes

- 1 abacaxi
- 1 xíc. de frutas secas
- 1 buquê de brócolis americano
- 1 xíc. de milho cozido (congelado)
- 1 xíc. de iogurte natural
- 1 colher (sopa) de suco de Limão
- 1 colher (sopa) de açúcar

Como Fazer
Descasque e corte o abacaxi em cubinhos.

Lave e corte os brócolis em raminhos. Cozinhe no vapor (al dente) e em seguida leve a uma vasilha com água gelada, escorra e reserve.

Descongele o milho mergulhando-o em água quente por uns minutos.

Dentro de uma saladeira ou vasilha grande, misture o abacaxi em cubos, o brócolis cozido, o milho e as frutas secas (nozes, castanhas, amêndoas, etc.).

Misture bem o iogurte, o suco de limão e o açúcar, até ficar homogêneo. Se quiser, adicione uma pitada de sal e pimenta.

Misture o iogurte à salada e sirva em seguida.

sábado, 13 de novembro de 2010

A Vida Urbana e o Estresse


O Estresse

O conceito de estresse (do inglês ‘stress’, tensão) psicológico poderia ser definido como o estado do organismo que tenta compensar o dano que pode ser provocado por determinados fatores agressores, de diferentes ordens.

Geralmente, somos submetidos ao estresse quando o grau de exigências que nos impõe o ambiente no qual nos encontramos se sobrepõe à nossa capacidade de controle, o que pode nos levar a ter um funcionamento fora do comum, irregular e desorganizado.

Para definir de um modo mais simples, o estresse psicológico surge quando nos encontramos diante de circunstâncias de exigência que provocam ansiedade e que nos obrigam, por isso, a reagir de um modo rápido e decidido para solucionar os problemas, conseguindo assim aliviar a dita ansiedade.

A resposta ao estresse

São muitos os fatores que vão determinar uma resposta distinta ao estresse. A idade, o sexo, a raça, o emprego, o temperamento pessoal, ou fatores educacionais e familiares vão estabelecer a base de uma realidade diferente e uma resposta variável diante do estresse.

As armas de que cada pessoa dispõe para combater esta situação são muito diferentes de um para outra, e se colocam em jogo segundo a capacidade da própria pessoa para defender-se das agressões. Isso significa que um fator claramente estressante para uma pessoa pode não sê-lo para outra, e que existem indivíduos com uma tendência excessiva ao estresse, apesar de não ter motivos destacados para isso.

Quanto ao sexo, por exemplo, diversos estudos realizados com grupos de homens e mulheres, tentaram encontrar diferenças no modo de comportar-se ou defender-se diante do estresse. As conclusões de tais estudos, em grande parte, não parecem encontrar grandes diferenças entre os sexos. Em outros estudos que levaram em conta outras variáveis, como a situação sócio-econômica, a raça, as responsabilidades profissionais ou o tipo de personalidade, as diferenças encontradas foram sim significativas na maioria dos casos.
Muitos especialistas asseguram que não tem por que o estresse ser um fenômeno negativo e que, portanto, certo nível de estresse na pessoa pode favorecer uma resposta mais ágil e rápida diante os problemas que possam se apresentar. No entanto, a rapidez e a agilidade não precisam ser qualidades iguais à eficiência; muitos outros especialistas afirmam que a ansiedade crônica pode prejudicar, a médio e longo prazo, a saúde, e que não é verdade que em um ambiente confortável e livre de estresse não seja possível obter um alto nível de rendimento pessoal ou profissional.

Seja para o bem ou para o mal, o certo é que o estresse psicológico, quando somos capazes de controlá-lo adequadamente, nos faz ficar mais alertas e mais dispostos a atuar (como um estudante diante de uma prova iminente, por exemplo), mas também nos esgota física e psicologicamente, no caso de estabelecer-se de modo crônico, como uma maneira habitual de funcionar no dia a dia.

O modo como o estresse pode produzir um dano pode também ser dado pelo sobre-estresse, que é o excesso de estresse tão notável que acaba levando a pessoa a um quadro de intensa ansiedade, consumindo todos seus recursos defensivos e que deteriora gravemente seu bem estar pessoal.

Os possíveis efeitos prejudiciais do estresse psicológico são variados e podem ser resumidos em: alterações gástricas (úlcera gastroduodenal, gastrite, etc.), arritmias cardíacas, insônia, disfunções sexuais, fadiga crônica, depressão, hipertensão arterial, etc.

Inclusive foi proposta a existência de uma relação significativa entre o estresse e doenças graves, como os transtornos cardiovasculares ou o câncer.

clique abaixo para ler o artigo completo...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Coquetel de Frutas

Esses coquetéis festivos e coloridos deixam qualquer vinho espumante ou champagne com um sabor delicioso. São perfeitos para servir em um almoço ou brunch, já que as frutas reduzem o teor de álcool de cada drink.
Faça o xarope de açúcar com antecedência e deixe esfriar.

Ingredientes

Xarope de açúcar
- 1,25 Kg de açúcar refinado
- 1 litro de água

Purê de pêssego
- 500 g de pêssego em calda (já drenado)
- 1 colher (sopa) de suco de limão
- 300 ml de xarope de açúcar

Purê de framboesas
- 250 g de framboesas
- 100 ml de suco de laranja
- 200 ml de xarope de açúcar

Como Fazer (20 coquetéis)

Xarope de açúcar: coloque o açúcar e a água em uma panela. Mexa para dissolver e leve ao fogo até ferver. Retire do fogo e deixe esfriar. Guarde em um pote na geladeira (dura até um mês).

Coquetel de champagne e purê de pêssego
Faça um purê misturando os pêssegos, o suco de limão e o xarope até ficar bem homogêneo. Passe por uma peneira fina. Coloque um pouco do purê no fundo da taça e complete com seu espumante favorito.


Coquetel de champagne e purê de framboesas
Faça um purê misturando as framboesas, o suco de laranja e o xarope até ficar homogêneo e então passe por uma peneira fina. Sirva o champagne em uma taça até encher 2/3. Adicione cerca de 30 ml do purê para cada taça e cubra com um pouco mais de espumante antes de servir.

Dica: use um espumante seco, pois o purê já é doce.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Alimentos Sem Glúten Integrados ao Mercado

Mais de 3 milhões de norte-americanos sofrem da doença celíaca, uma doença digestiva desencadeada pelo consumo de glúten, uma proteína encontrada no pão, massas, biscoitos, pizzas e outros alimentos contendo farinha de trigo, centeio ou cevada. Enquanto a dieta sem glúten é uma obrigação para aqueles que são celíacos, a mídia americana está abraçando o “gluten-free” como uma tendência de saúde.

Fabricantes de alimentos têm focado sua atenção ao desenvolvimento de produtos sem glúten. E quanto mais pessoas são diagnosticadas com a doença celíaca, a demanda por uma maior variedade de comidas sem glúten vai aumentar.

Os varejistas também têm dedicado um maior espaço nas prateleiras para os produtos sem glúten, e padeiros com visão de mercado estão adicionando opções sem glúten aos seus cardápios.

Um artigo recente no jornal Buffalo News explorou o crescimento dos produtos sem glúten e examinou as áreas de maior desenvolvimento, incluindo refeições prontas frescas, lanches, pães e confeitaria, ofertas de restaurantes e mais. (Publicado no website Food Product Design)
O artigo abaixo foi publicado em 3/11/2010, em www.buffalonews.com.

Soluções com Glúten

Imagine pular um peixe frito na sexta, ou recusar um bolo em um casamento. Nancy Ross também diz não ao chocolate Godiva, sanduíches e pizzas.

Não é fácil viver sem glúten.

“Eu fui a um casamento na semana passada e não pude comer nenhum dos aperitivos,” contou Ross, da cidade de Williamsville, que foi diagnosticada como celíaca no último mês de abril.

A Celíase – que afeta uma de cada 133 pessoas nos EUA – é uma doença digestiva desencadeada pelo consumo de glúten, uma proteína encontrada em alimentos que contenham trigo, centeio, cevada e aveia. O consumo de glúten desencadeia uma reação auto-imune no intestino delgado, provocando dano em sua superfície e a inabilidade de absorver nutrientes. A causa exata da doença celíaca é desconhecida, mas frequentemente é herdada.

Médicos especialistas dizem que a dieta sem glúten é uma das mais difíceis de seguir, mas recentemente esse modo restritivo (e normalmente caro) de se alimentar tornou-se popular como uma tendência saudável, até mesmo entre aqueles que não são celíacos.


“É uma moda, e acho que Elisabeth Hasselbeck (apresentadora de TV), no programa 'The View' realmente a promoveu, mas ela é celíaca,” comentou a Dra. Jeanette Keith, gastroenterologista da ‘Kaleida Health’. “Ela gostaria que todos seguissem uma dieta sem glúten porque o glúten provoca inflamação. Mas não há estudos que mostrem que as pessoas que não sofrem da doença celíaca devam abandonar totalmente o glúten.”

O glúten afeta negativamente a nós todos?

“Eu não posso descartar,” disse a médica Keith. “Eu não costumo colocar as pessoas numa dieta sem glúten. Não há motivo para excluí-lo, a não ser que você tenha uma preferência pessoal. Acho que é uma dieta difícil de manter, mas se você estiver fazendo uma dieta com pouco carboidrato para ter uma saúde melhor, você vai eliminar a maior parte do glúten de qualquer modo.”

A maioria das pessoas celíacas tem reclamações gerais, tais como diarréia intermitente, dor abdominal e vômito. Somando-se a isso, os sintomas podem ser similares aos de outras doenças, incluindo a síndrome do intestino irritável, úlcera gástrica, doença de Crohn, anemia ou doenças de pele.

“É difícil de diagnosticar (a celíase) porque ela se apresenta com sintomas não-específicos,” diz Keith. “É muito mais predominante do que pensamos. O desafio é que a maioria das pessoas pode não procurar um médico até que os sintomas se tornem graves.”

Se você tenta comer sem glúten, cozinhando sem glúten – uma proteína encontrada no trigo e outros grãos – é extremamente complicado, necessitando de substitutos para trigo, centeio, cevada e aveia. É muito difícil em um restaurante, pois mesmo um traço de glúten pode ocasionar um problema gástrico em quem é celíaco.

clique abaixo para ler o artigo completo...

domingo, 7 de novembro de 2010

Flan de Manga


O Flan é uma das sobremesas mais fáceis de se preparar- um flan de frutas é muito refrescante e saudável no verão! 


Ingredientes

- 1 manga

- 2 xíc. de leite

- 3 c. s. de mel

- 30 g de gelatina em pó sem sabor

Como Fazer

Descasque a manga e corte a polpa em pedaços.

Bata no liquidificador a manga, o leite e o mel.

Prepare a gelatina sem sabor (como especificado na embalagem), deixe amornar e coloque no liquidificador. Bata levemente.

Unte forminhas individuais ou uma forma grande com óleo vegetal.

Coloque o creme batido nas forminhas e leve à geladeira por algumas horas, até o flan endurecer. Desenforme o flan. Enfeite com cubinhos ou fatias de manga e folhas de hortelã.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Guacamole

Guacamole’ é uma ótima pedida para servir como aperitivo, ou para acompanhar um prato principal, como um peixe grelhado.

Sirva acompanhado de tortilhas de milho, ou com torradinhas.
Existem centenas de receitas diferentes de guacamole. A maioria inclui chilli, suco de limão e coentro, outras levam cebola roxa e tomates, além de outros temperos.
Crie sua própria receita de guacamole a partir dessa receita básica, e decida o quão “quente” você prefere. Adicione mais pimenta, se achar que essa receita é muito suave. Se for servir para as crianças, é bom evitar esse tempero.

O abacate tem um elevado conteúdo de gorduras boas – sobretudo o ácido oléico – muito benéficas para o coração e para seus vasos. Além disso é rico em vitaminas A e do complexo B, bem como ferro, cálcio e fósforo.

Ingredientes
- 3 abacates pequenos, maduros
- 1 limão
- 1 cebola roxa pequena
- 3 raminhos de coentro fresco
- 1 pimenta vermelha (ou chilli)
- 1 tomate vermelho

Como Fazer

Tire a sementes e fatie bem fino a pimenta.
Pique as folhas de coentro.
Pique a cebola roxa.
Pique o tomate grosseiramente.

Separe a polpa dos abacates da casca, e coloque dentro de uma vasilha, esmagando grosseiramente com o suco do limão.

Adicione os demais ingredientes e misture.
Deixe separado um pouco de coentro para enfeitar.
Se não for servir imediatamente, coloque as sementes sobre o creme, cubra bem e guarde na geladeira.

Sirva com tortilhas ou batatas chips.

Variações: experimente temperos como cominho, coentro em grãos, ou algumas gotas de molho Worcestershire, para um toque inglês. Eu gosto de adicionar um pouco de sal, vinagre e azeite de oliva.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Sorvetes Caseiros


Os sorvetes são um alimento saudável, por conter proteínas, vitaminas e minerais, embora se tenha que ter cuidado com suas as calorias.

Os sorvetes preparados com leite podem ser um bom alimento para as crianças, e os picolés, com suco e gelo, são uma forma gostosa de hidratar-se no verão.


Preparar picolés em casa: pode ser tão simples como colocar um palito de madeira em um copo com iogurte, suco, ou frutas batidas, e depois levar ao congelador.

Para decorar os sorvetes

As crianças adoram que se sirva as bolas de sorvete decoradas com confeitos coloridos ou de chocolate.

Para uma apresentação mais elegante, decore os sorvetes com pérolas prateadas (daquelas usadas para cobrir docinhos).

Sobremesa original, o sanduíches de sorvete: Faça um bolo de chocolate bem fino (por exemplo, com uma receita de brownies) e deixe esfriar sobre uma grade. Recorte círculos de biscoito (4 por pessoa). Compre dois potes de sorvete de cores chamativas (pistache e morango, por exemplo) e monte “sanduíches” colocando uma camada de sorvete entre dois círculos de bolo.

Receita de Sorvete Caseiro

1 - Descascar e retirar as sementes da fruta escolhida e bater a polpa no liquidificador.

2 - Adicionar açúcar a gosto, e misturar bem, em uma vasilha grande. Levar ao congelador e deixar ali até estar meio congelado.

3 - Bater 3 a 4 claras em neve e incorporar à mistura anterior. Bater de novo.

4 - Voltar o creme ao congelador e deixar algumas horas, cuidando para que a mistura não congele totalmente.

5 - Servir o sorvete em taças e decorar com menta, frutas vermelhas, raspas de limão ou laranja, etc.


Sorvete de Morangos


Ingredientes (4 porções)
- 180 g de açúcar refinado
- 500 ml de água
- 300 g de morangos
- 2 colheres (sopa) de vodka
- 100 g de iogurte desnatado
- 1 colher (sopa) de açúcar confeiteiro
- 1/2 colher (chá) de extrato de baunilha
- 4 marshmallows brancos
- 4 marshmallows rosa
- 12 mini-folhas de hortelã


Como Fazer

Dentro de uma panela, misture a água e o açúcar e leve ao fogo até ferver. Deixe em fogo alto por 3 minutos, retire do fogo e deixe esfriar.

Faça um purê com 200 g de morangos. Junte esse purê e a vodka ao xarope de açúcar, misturando bem.

Coloque em um recipiente raso e leve ao congelador, mexendo de vez em quando para quebrar os cristais de gelo (a cada hora, por 3 horas). Guarde no congelador.

Esfrie 4 taças de vidro, de coquetel ou de sobremesa.

Bata um uma varinha ou garfo o iogurte com o açúcar confeiteiro e a baunilha, até ficar fofo.

Retire o sorvete do congelador 10 minutos antes de servir.


Para servir, corte cada marshmallow em 3 ou 4 fatias. Em cada taça, monte: uma camada de morangos, sorvete, iogurte e enfeite com os marshmallows e algumas folhinhas de hortelã. Sirva em seguida.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Retenção de Líquidos (Edemas)

retenção de líquidos é um acúmulo de líquido que passa das veias para o exterior (espaço intracelular), e provoca inchaço na zona afetada.

É um transtorno metabólico que consiste na acumulação de água no organismo, normalmente nas pernas, abdômen ou mãos, provocando inchaço (edema).
Manifesta-se quando o nível de líquidos ultrapassa os 75%.

Para muitas pessoas, o verão está ligado a pernas pesadas e inchadas. É que o problema da retenção de líquidos (conhecido na medicina como edema) se agrava nos meses de calor.


Quais são as causas?

Deve-se a um desequilíbrio no sistema hormonal que regula o nível de líquido no corpo.

Pode ser causado por:
- excesso de sal na alimentação,

- déficit de proteínas - as proteínas fazem com que o fígado produza albumina, uma substância que evita a acumulação de líquidos,

- ou pela escassez de nutrientes – vitaminas C e B6, magnésio, potássio e ácidos graxos ômega 3 e ômega 6.

Os sintomas são inchaço, cãibras, fraqueza, palpitações e mal-estar. Também pode ocorrer queda de cabelo, alergias, unhas quebradiças e tônus muscular debilitado.

Qual é o tratamento?

Aconselha-se uma mudança dos hábitos alimentares, com uma dieta rica em proteínas (aves, peixes e legumes), frutas secas, frutas e verduras.

O sal é um dos principais culpados pela retenção de líquidos. O excesso de sal (sódio) está ligado principalmente às refeições “fast food”, aos alimentos pré-cozidos, o queijo e os embutidos.

O desequilíbrio hormonal que provoca a retenção de líquidos também pode ser produzido por doenças cardiovasculares, gravidez, síndrome pré-menstrual, alterações no fígado ou nos rins e alguns remédios.

Por isso é importante que um médico determine qual é o melhor tratamento.

Algumas situações especiais em que pode aparecer o edema:

clique abaixo para continuar lendo...

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Por que a hora de comer é importante?

O horário das refeições e lanches afeta a sua saúde.

Estudos recentes revelaram que as pessoas perdem mais peso quanto mais cedo no dia se alimentam. Mas o interessante é que esses mesmos estudos descobriram que o tecido muscular é mais bem preservado comendo mais tarde no dia.

E quanto à frequência das refeições?

Imagine que eu vá comer um pedaço grande de torta. Importa para minha saúde se eu comer tudo de uma vez, ou se eu dividir em três pedaços menores e comer durante o dia?

Uma pesquisa descobriu que não há diferença de peso entre pessoas que comem três refeições ao dia contra uma vez (se as calorias forem as mesmas). Entretanto, os voluntários que comeram apenas uma refeição ao dia disseram sentir mais fome durante o dia. Os níveis de colesterol e a glicose se apresentaram mais elevados no grupo que se alimentava uma vez ao dia.


Então, devemos apenas ‘beliscar’ ao longo do dia?

Provavelmente não. O que se sabe é que as pessoas que comem em horários irregulares (seis ou mais vezes ao dia, em vários intervalos) tendem a queimar menos calorias após essas refeições do que aqueles que comem em horas mais regulares.

Em geral, os estudos parecem apoiar o fato de que comer em intervalos regulares ajuda a enganar a fome e pode até mesmo ajudar o corpo a queimar a gordura para obter energia de forma mais eficiente.

Refeições regulares (e lanchinhos, quando necessário) ajudam a manter o corpo queimando calorias mais profundamente que na alimentação irregular. E comer mais cedo no dia parece ter vantagens sobre comer tarde da noite, ao menos quanto se fala em manter o peso ou emagrecer.

Pepinos em Conserva Agridoce

Para quem gosta de consumir com frequência legumes em conserva, vale a pena preparar esses alimentos em casa, não apenas por que se evita os conservantes e o excesso de sal, mas principalmente porque fica muito mais gostoso.
Preparei essa conserva de pepinos inspirada nas conservas feitas no Japão, Coréia, etc, com um toque mais agridoce. Quem não gosta muito da acidez do vinagre pode dividir uma parte por água, e ficará mais suave.

A pimenta tem o efeito de perfumar a conserva, é um ingrediente importante, mas que pode ser substituído ou adicionado a temperos como louro ou alecrim fresco.
Procure escolher pepinos firmes, pequenos e de cor verde escuro.
Vamos aos ingredientes e ao preparo, que é muito simples.

Ingredientes
- 300 a 400 g de pepinos para conserva
- 2/3 xíc. de vinagre de arroz
- 3 a 4 colheres (sopa) de açúcar refinado
- gengibre fresco (pedaço de uns 4 cm)
- 2 pimentas vermelhas
- sal grosso

Como Fazer

Esterilize bem o vidro ou vidros onde for colocar a conserva: ferva uma panela com água e mergulhe o recipiente de vidro. Se tiver um recipiente apropriado para conservas, com borracha de vedação, você poderá deixar a conserva fora da geladeira.

Lave bem os pepinos e esfregue bem um a um com sal grosso.
Deixe-os descansar dentro de um escorredor de massa, por ao menos duas horas.

Numa panela pequena, misture o vinagre e o açucar e leve ao fogo baixo, até levantar fervura.
Tire do fogo e deixe esfriar. Reserve.

Descasque e rale o pedaço de gengibre e adicione apenas o suco ao vinagre.

Corte as pimentas ao meio, no sentido longitudinal, e retire as sementes.

Coloque no vidro de conserva o vinagre, as pimentas e outro tempero que desejar.

Depois de 2 horas, enxague levemente os pepinos para retirar o sal grosso, escorra bem e disponha-os na vertical, dentro do vidro com vinagre. Feche bem o recipiente.
Deixe descansar por 24 horas antes de consumí-los. Depois de abrir a conserva, guarde-a na geladeira.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Tofu com Porco ao Molho Apimentado

Ingredientes

- 200 g carne de porco (pernil)
- 250 g de Tofu
- 1 cebola
- 200 g de broto de bambu
- 1 cenoura
- 1 cebolinha
- 2 pimentas
- sementes de gergelim
- sal
- óleo para fritar

continua (clique abaixo)...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails