segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Berinjelas Empanadas com Queijo


Esta é uma receita muito fácil e boa para ir introduzindo a berinjela aos poucos na dieta das crianças. Para variar, você também pode usar abobrinhas. Outra dica é adicionar rodelas de tomate, ou alho-poró.

Ingredientes

- 1 berinjela
- 8 fatias de queijo
- farinha de arroz
- 2 ovos
- óleo de canola
- orégano
- sal

Como Fazer

Lave a berinjela e seque bem.


Corte-a em rodelas finas.
Tempere levemente as berinjelas com sal.

Coloque uma fatia de queijo entre duas rodelas de berinjela, temperando o queijo com um pouco de orégano.

Passe pela farinha e depois pelo ovo batido.

Frite em óleo quente, até ficarem douradas dos dois lados.

Escorra em papel toalha.

Se quiser, adicione rodelas de tomate.

domingo, 30 de outubro de 2011

Arroz Aromático de Laranja


Um belo acompanhamento para qualquer prato de carne.

Ingredientes

- 200 g de arroz
- 1 cebola
- 1 dente de alho
- 2 laranjas
- 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
- sal


Como Fazer

Pique bem a cebola e o dente de alho.

Numa panela, aqueça o azeite e refogue a cebola com o alho.

Espremer as laranjas e adicionar água, até completar meio litro.
Rale a casca de ½ laranja.


Junte o arroz na panela, com as raspas de laranja, e refogue.

Adicione o suco com água, sal a gosto, e deixe cozinhar por uns 20 minutos.

Quando o arroz estiver seco e solto, sirva como acompanhamento de carnes.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Como Prevenir Gripes e Resfriados


Dicas de como prevenir gripes e resfriados naturalmente.

Embora não existam curas mágicas para esses males, há passos que podem ser seguidos para aumentar a chance eles não virem a nos atormentar.

1- Reforçar o sistema imunológico.

Defender-se de gripes e resfriados começa com um sistema imunológico saudável – o mecanismo de defesa natural do corpo contra bactérias, vírus e parasitas nocivos.

2- Exercício físico.

Mulheres que se exercitam regularmente por 12 meses ou mais, podem ter diminuído em até 50% o risco de pegar resfriados. Pesquisadores chegaram a essa conclusão após estudarem um grupo de mulheres na pós-menopausa, as quais participaram de exercícios físicos de intensidade moderada, tais como “power walking”, ou bicicleta ergométrica, por 45 minutos, cinco dias por semana.

Se você quer ficar em forma, mas não tem 45 minutos livres para malhar, dividao tempo em intervalos de 10 minutos ao longo do dia – o que terá a mesma eficácia.

3- Descanso regular.

Algumas pessoas acreditam que doenças tais como gripes e resfriados são uma forma do corpo avisar que precisa de uma pausa. Assim, se você acha que é mais suscetível a essas doenças, talvez precise descansar um pouco – e tentar não se sentir culpado com isso.

Podemos às vezes nos sentir culpados por passar um tempo descansando; entretanto, nosso corpo irá beneficiar-se se resistirmos à urgência de nos movermos. Para combater gripes e resfriados, você deve pensar que descanso é sinônimo de “recarregar as baterias”.

4- Mãos sempre limpas.

Lavar as mãos regularmente durante o dia. As mãos carregam e transmitem bactérias e vírus com a maior facilidade. Manter a higiene das mãos é um hábito importante a ser seguido.

Medicina Chinesa Tradicional

Acredita-se que algumas ervas medicinais chinesas aumentam o sistema imunológico, ao equilibrar o ‘Qi’ do corpo, que significa ‘força de vida’. Os chineses acreditam que todos nós a temos, e quando essa força de vida fica desequilibrada, uma doença tal como um resfriado ou uma gripe pode ocorrer. Quando isso acontece, você pode experimentar a erva chinesa “gan mao ling”. Para um reforço geral do sistema imunológico, tente usar a “yu ping feng san”. Ambas estão disponíveis através de herbalistas chineses e praticantes da medicina chinesa.

clique abaixo para ler mais...

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Torta Merengue de Chocolate e Nozes


Pensando já nas sobremesas a servir nas festas de fim de ano, achei que essa torta merengue é uma ótima ideia, e pode ser acompanhada de morangos, ou outras frutas vermelhas frescas. E para complementar, uma taça de vinho branco ou espumante!

Ingredientes (6-8 porções)

- 100 g chocolate meio-amargo (sem glúten)
- ¼ xíc. (30 g) de nozes

- ¼ xíc. (40 g) de pistaches
- ¼ xíc. (45 g) castanhas de caju
- ½ xíc. (100 g) de açúcar refinado
- 2 claras de ovo

- 300 ml de creme de leite
- coco ralado, para polvilhar

Como Fazer

Pré-aqueça o forno a 120°C.

Unte e forre com papel manteiga o fundo de uma fôrma de fundo falso (de 20 cm).

Pique grosseiramente chocolate, nozes, castanhas e pistaches.
Junte chocolate, nozes, pistaches e castanhas e 1 ½ colher (sopa) de açúcar, em uma vasilha grande.

Bata as claras de ovo até formar picos nevados firmes.
Gradualmente, adicione o açúcar restante, 1 colher (sopa) de cada vez, e bata até dissolver. Junte a mistura de chocolate e use uma espátula para misturar delicadamente.

Às colheradas, coloque a massa dentro da fôrma preparada. Alise a superfície.

Asse por 30 minutos, ou até secar e ficar crocante ao toque.
Retire do forno e deixe esfriar.
Cuidadosamente transfira a torta para um prato para servir.

Com uma colher, espalhe o creme de leite sobre o topo da torta. Polvilhe com o coco ralado e sirva.
Dica: Polvilhe também chocolate em pó sobre a torta.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Especial Dia das Bruxas (4)



Para finalizar o Especial Dia das Bruxas, algumas dicas de decoração artesanal.
Dicas divertidas e ótimas para fazer na última hora, e alegrar o ambiente nessa data.

clique abaixo para se inspirar...

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Especial Dia das Bruxas (3)


Como decorar a casa para a festa de Halloween, com criatividade... E um toque de bruxaria!

clique abaixo para mais diversão...

Especial Dia das Bruxas (2)

Gostosuras ou Travessuras?!

Ideias divertidas para inspirar-se na confecção e decoração dos doces do Dia das Bruxas.
Para despertar a gula de crianças e adultos!


clique abaixo para ver tudo...

Especial Dia das Bruxas (1)


A tradição norte-americana do "Halloween", ou Dia das Bruxas, pegou bem entre as crianças, que adoram as fantasias e as "gostosuras ou travessuras". Para fazer uma fantasia de última hora, você pode imprimir essas máscaras divertidas.

clique abaixo para ver as ilustrações...

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Canelone de Melancia (com atum e queijo)


Uma entrada muito bonita, refrescante, e que embora simples, requer uma cerca delicadeza nas mãos para executá-la.

Ingredientes (4 porções)

- 200 ml de suco de melancia
- 10 folhas de gelatina sem sabor
- 2 fatias de queijo fresco
- 1 lata de atum (ou sardinha), no azeite
- 1 kiwi

Como Fazer

Escorra o pescado, para retirar o excesso de óleo.

Derreta as folhas de gelatina no suco de melancia.
Derrame o líquido em uma fôrma de silicone.

Uma vez solidificado, corte lâminas de 8 x 10 cm, aproximadamente.

Coloque uma lâmina de gelatina, uma de queijo, fatias bem finas de kiwi e, por fim, o atum (ou sardinha). Enrole e corte ao meio.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Frutas Secas no Forno


Veja como fazer frutas desidratadas no forno, um petisco saudável e delicioso.
As maçãs são frutas ideais para secar no forno, mas quase toda fruta fresca pode ser seca dessa forma.

Como Fazer

1. Lave as maçãs e corte fora qualquer parte machucada ou mole. Retire o miolo e fatie em anéis de 3-5 mm. Descarte os anéis de fora, com mais casca.


2. Coloque as fatias dentro de uma tigela com água acidulada*, escorra numa toalha de cozinha. Disponha separadamente numa única camada em grade de metal sobre uma assadeira. Seque no forno (50-60°C) por 8-24 horas, dependendo da temperatura. Isso pode ser feito em estágios.


3. Vire as fatias de vez em quando, enquanto secam. Estarão prontas quando tiverem a aparência e textura de camurça macia. Para uma versão mais ‘sequinha’, seque as fatias até ficarem crocantes. Retire do forno, cubra com papel manteiga, deixe por 12-24 horas, e vire de vez em quando, para ter certeza de que sobre o mínimo possível de umidade. Isso vai reduzir o risco de mofar mais tarde.


4. Coloque em potes herméticos e armazene em lugar fresco, seco e escuro. Verifique regularmente se não há deterioração. Alternativamente, armazene em sacos próprios e congele.

*Água acidulada, nada mais é do que alguma substância ácida (como suco de limão ou vinagre) misturada com água. Essa mistura normalmente é usada para evitar que os vegetais percam a cor, ou fiquem escuros pelo contato com o ar. Prepare a água acidulada juntando 1-1/2 colher (sopa) de vinagre, ou 3 colheres (sopa) de suco de limão, ou ½ xíc. de vinho branco a ¼ de água.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Infusão Para Dor de Garganta


Há uma série de produtos naturais que podem ser usados ​​para tratar pequenas irritações da pele. O mel é um agente natural anti-séptico e antibacteriano que pode prevenir infecções. O óleo de melaleuca (tea-tree oil) contém compostos anti-sépticos que são desinfetantes muito eficazes para a pele. Esse óleo pode ser usado no tratamento de algumas infecções fúngicas, acne e mau hálito, e deve ser usado em concentrações de 5-15 por cento. O extrato de semente de toranja também é um anti-séptico natural.
A canela e a hortelã têm sido utilizadas por suas propriedades anti-sépticas e curativas. Aqui está a receita de um remédio simples, uma bebida quente para uma dor (leve) ou irritação da garganta. No caso de uma inflamação grave da garganta, procure o seu médico!

Ingredientes


- 2-4 rodelas de limão
- 1 pedaço de 2 cm de gengibre em fatias finas
- 1 punhado de hortelã
- 1-2 paus de canela
- água recém-fervida
- mel, a gosto


Como Fazer (a infusão)

Dentro de uma chaleira, colocar em infusão o limão, a hortelã, o gengibre e a canela, em água fervente, por 5 minutos.
Sirva em uma caneca, e adicione o mel para adoçar e acalmar a garganta.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Balas de Goma Caseiras

Voltamos com mais duas receitas de balas de goma, numa colaboração muito gentil de uma seguidora do blog, Fabiola Barbosa. A Fabiola preparou essas balinhas lindas, e também muito saudáveis, usando ingredientes naturais, como a banana e – ótima idéia – batata-doce, tudo para agradar os filhos pequenos, que certamente devem adorar comer doces.

Balas de Banana

Balas de Banana (jujuba)

Ingredientes

- 2 caixinhas de gelatina sabor morango
- 2 xíc. (chá) de açúcar cristal
- 1 batata doce grande bem amassada
- 4 bananas amassadas (d'agua, ou prata)

Como Fazer

Primeiro misture bem todos os ingredientes, e depois coloque em uma panela, para cozinhar em fogo médio, mexendo sempre, por 20 minutos, até soltar do fundo da panela. Não deixe passar do ponto, pois do contrário vai açucarar.

Espere esfriar e coloque em um prato refratário untado, levando à geladeira por 1 dia.

Depois é só cortar um a um os docinhos, com forminhas ou moldes de biscoitos bem pequenos. Sugere-se não passar no açúcar, pois fica mais natural e saboroso.

Balas de Gelatina


Balas de Gelatina

Ingredientes

- 2 pacotes de gelatina diet no sabor de sua prefência
- 2 sachês de gelatina sem sabor
- 500 ml de água

Como Fazer

Hidrate a gelatina com 1 xic. da água.
Dissolva as gelatinas diet no resto da água quente e misture as gelatinas até dissolver tudo bem.
Unte levemente as forminhas com óleo de canola e leve para gelar na geladeira por 4 horas.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Modo Mais Simples de Ser Saudável


Pode não ser tão estimulante como surfar, descolado como pedalar, ou chique como navegar, mas caminhar traz muitos benefícios. Além de ser barato e relaxante, pode ser um excelente meio de transporte.

E também é incrivelmente popular. Caminhar é, hoje em dia, a forma mais comum de atividade física.

De viagens curtas para fazer compras, até longos passeios pelo interior, há sempre uma forma de caminhada que atenda a maioria das capacidades e interesses.

(Veja o exemplo do cineasta norte-americano que registrou sua jornada ao longo dos 3.500 km da trilha dos Apalaches, seis meses de aventura condensados num vídeo de 5 minutos)


Green Tunnel from Kevin Gallagher on Vimeo.

Mas nem todo mundo precisa ir a tais extremos. De fato, o grande apelo de caminhar está na sua facilidade e acessibilidade. Tudo que você precisa são duas pernas – você não precisa de equipamentos ou instalações caros.

Caminhar oferece os mesmos benefícios gerais de outras formas de atividade física: melhorando o humor e a função cerebral, pressão arterial e saúde cardiovascular e, ao mesmo tempo, afastando o perigo da obesidade, diabetes e alguns tipos de câncer.

Mas o que torna essa atividade particularmente benéfica são o baixo risco de lesão e o fato de ser tão fácil de encaixar-se na nossa rotina diária.

Levar o cão para passear, ou ir a pé para o trabalho, por exemplo, são opções fáceis, que não requerem uma mudança drástica na rotina. Mas para a saúde em geral, não basta dar uma volta na quadra. É melhor caminhar continuamente, por ao menos meia hora, a passos moderados. Para perder peso, você vai precisar caminhar por uma hora ou mais.

O melhor modo de aumentar a atividade é habituar-se a caminhar. É uma questão de construir a atividade no seu dia-a-dia, e a caminhada é a atividade que a maioria de nós pode fazer.

Mas ainda assim pode ser difícil manter-se motivado, especialmente para aquelas pessoas com pouco tempo ou energia.

Caminhar é enganosamente simples, mas ainda assim, um grande desafio. Não basta entender que caminhar faz bem para você – é preciso senti-lo e fazê-lo. Fazê-lo (caminhar) vai ajudar a reforçar e mudar sua mentalidade. A maioria das pessoas sedentárias acaba desfrutando de caminhar uma vez que comecem, especialmente se puderem planejar a atividade e encontrar alguém que as acompanhe.

Preparação e organização ajudam a manter o hábito. Por exemplo, uma boa preparação pode começar com a vestimenta. Se for precisar carregar algo, opte pela mochila. Troque sapatos por tênis leves e confortáveis. Se há a perspective de chuva, não se esqueça da capa, ou guarda-chuvas.

Se vai caminhar até o trabalho, no verão, e não há um chuveiro, leve uma toalha para se secar, e tente sempre sair antes do sol ficar muito forte.

Também há coisas que você pode fazer para tornar a caminhada mais agradável, como ouvir música. Faz você ir mais depressa (mas cuidado com o tráfego!).

Se não pode caminhar até o trabalho, tente descer do ônibus ou do trem algumas paradas antes, e andar o resto do percurso a pé.

E que tal reservar sua caminhada para aqueles momentos de ‘auto-indulgência’? Vai lhe dar tempo para clarear sua mente, suas endorfinas vão fluir e, quando chegar ao seu destino, vai sentir-se muito melhor.

E sabe o que mais, é incrível o que você pode descobrir sobre sua vizinhança com uma simples caminhada!


Muitas pernas tornam uma caminhada mais leve. Se caminhar sozinho não é a sua praia, juntar-se a um grupo pode ajudar a aumentar sua motivação. Você não vai caminhar apenas em benefício do seu coração, mas também da sua mente.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Molhos Caseiros para Massas (6)


1. Molho de Marisco

Em uma frigideira funda, em ¼ xíc. de azeite de oliva, refogue 2 dentes de alho picados. Junte 2 xíc. de água (ou o líquido das latas, se usar marisco enlatado), ¾ xíc. de salsinha picada, 2 colheres (sopa) de vinho branco seco, 1 colher (chá) de manjericão seco e sal a gosto. Cozinhe por 10 minutos. Junte 500 g de marisco e deixe aquecer.
Massa: linguine ou spaghetti.


2. Bacon e Cebolinha

Frite 8 fatias de bacon, em uma panela funda, até que fiquem crocantes.
Coloque sobre papel toalha para escorrer; descarte a gordura da panela.
Adicione 1 colher (sopa) de azeite de oliva extra-virgem, e 1 colher (sopa) de manteiga. Quando derreter, junte 1 maço de cebolinha fatiada e refogue até ficar macio.
Junte o macarrão cozido, ½  xíc. de queijo parmesão ralado e o bacon à panela e misture. Tempere com sal e pimenta a gosto.
Massa: penne.


3. Atum e Azeitonas Pretas

Junte duas latas de atum em azeite, escorrido, com 6 ovos cozidos (duros), descascados e cortados em 4, 1 xíc. de tomates cereja, 1 cebola roxa pequena, cortada bem fina, 1 xíc. de vagem cozida (cortadas ao meio), ½  xíc. de azeitonas  pretas.
Misture ¼ xíc. de suco de limão, ½ xíc. de azeite de oliva, 2 colheres (chá) de mostarda Dijon e, se desejar, 1 colher (chá) de pasta de anchova.
Misture ao atum e o macarrão cozido, em temperature ambiente.


quinta-feira, 13 de outubro de 2011

O Sakê


O sakê não é um licor destilado, mas sim fermentado. Assim como a cerveja, o sakê é produzido com grãos ricos em carboidratos, e não com frutas ricas em açúcar. No entanto, a diferença está no sakê nunca ser gaseificado.

Algumas pessoas não se arriscam a experimentar o sakê, pela crença errônea de que a bebida é tão alcoólica quanto uma aguardente, quando na verdade não é assim. Ao contrário da crença popular, não é uma bebida forte. A maioria dos sakês contém entre 14% e 16% de álcool.

E, no entanto, uma vez degustado as sensações são surpreendentes.

Aqui vão algumas dicas para conhecer um pouco melhor essa bebida de origem japonesa, e apreciar seus matizes e aromas.

Combina bem com pratos leves como o sushi. Embora combine perfeitamente com a culinária japonesa, pode ser servido com outros pratos, e também é um excelente aperitivo.


Ao contrário do vinho, o sakê não melhora com o tempo. Deve ser consumido pouco depois de ser adquirido (o mais tardar no mesmo ano de sua compra). Uma vez aberto, deve ser consumido dentro de um a dois dias.

Quanto a temperatura, os sakês ‘premium’ deveriam ser tomados gelados (abaixo de 7 graus). O sakê comum pode ser apreciado à temperatura ambiente, ou suavemente aquecido (em caso algum o sakê deve ser aquecido a mais de 60 graus, pois altera o seu sabor). Para aquecê-lo, normalmente se faz em banho-maria, embora existam aparelhos especiais para tal função.

O sakê é classificado por seu grau de pureza, seu polimento (cada grão de arroz deve ser polido, para que se obtenha um sakê de ótimo sabor) e não em função do tipo de arroz com que se elabora (outra diferença do vinho, cuja classificação depende sim do tipo de uva com que é produzido).

Existem muitos tipos de sakê, e entre os mais comuns, destacam-se:

- Ginjo: com um nível de pureza de 70%. O melhor é bebê-lo em uma taça de vinho branco, ou em algum copo baixo de vidro ou cristal, com os copos resfriados. Nesse caso, não seria recomendável utilizar os típicos copinhos de porcelana, já que esses são para o sakê quente. Ideal como acompanhamento de uma refeição leve, ou um aperitivo.

- Junmai: é um sakê mais ‘para o diário’. Em geral é servido numa garrafinha de porcelana chamada de ‘Tokkuzi’, junto de seus copinhos, que também podem ser de cerâmica.
O junmai é feito apenas de arroz, fermento, um tipo natural de mofo (como o fungo que cresce na casca da uva) chamado de koji, e água.



-Daiginjo: o sakê mais reservado e mais caro. Sua produção é muito artesanal e delicada.

Futsushu é como é chamado o sakê comum de mesa, que é vendido em toda parte, e servido quente para disfarçar sua aspereza. Já o chamado tokutei meishoshu, ou sakê de designação especial, é complexo, delicado e de sabor refinado. Pense no futsushu como um espumante barato, e no tokutei meishoshu como Champagne.

O Sakê é feito de grãos de arroz polidos e fermentados. Quanto mais polido o arroz, melhor é o sakê. O sakê é rotulado pela quantidade de arroz que sobra após o polimento – assim, quanto menor o número, mais ‘premium’ é o sakê.
Futsushu, o sake comum, é polido até que reste cerca de 70 por cento dos grãos de arroz, enquanto que os melhores sakês podem ser polidos tanto que reste apenas 20 por cento do arroz.

O honjozo é feito da mesma forma que o junmai, mas com o acréscimo de um pouquinho de álcool. Assim, se o sakê é rotulado de junmai ou honjozo, terá sido polido até restar 70% ou menos do grão. Ao observar-se a palavra ginjo no rótulo da bebida, o sakê está um degrau acima, tendo sido polido até restar 60% ou menos dos grãos.


Já o daiginjo premium terá 50% ou menos de grãos restantes.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Especial Dia da Criança: Diversão Online

Endereços na Internet, para navegar com as crianças, ou buscar idéias para entretê-las.

El Hada de Papel: trabalhos manuais e atividades, para crianças de todas as idades.  Blog dedicado a atividades de artesanato, com idéias criativas, fáceis de executar, e com uso de materiais recicláveis. Texto em espanhol, inglês e alemão.
http://bit.ly/jLpqOZ

Mapa do Brincar: um projeto do jornal Folha de São Paulo, que mapeia as brincadeiras das crianças brasileiras de hoje, estado por estado.
http://bit.ly/2N9QSF

Activity Village: site britânico de atividades, incluindo centenas de páginas para imprimir: colorir, jogos, artesanato, etc.
http://bit.ly/epk7W

Small Magazine: revista online de moda, decoração, artesanato, receitas, etc. (em inglês).
http://bit.ly/q4nQwK

Show.Me: atividades e diversão para crianças, num passeio pelos museus britânicos. Tão divertido, que até os adultos vão adorar!
http://bit.ly/KbK94

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Canoas de Abacate


Um prato versátil para servir como entrada, salada, ou almoço leve - muito bonito e saudável. O molho tártaro é um toque asiático especial, com a adição do chá verde.

Ingredientes

- 3 abacates, firmes
- 200 g de filé de atum
- 2 mangas

Marinada

- 3 colheres (sopa) azeite de oliva
- suco de limão
- 1 colher (chá) de sal
- ½ colher (chá) de pimenta preta

Molho Tártaro


- 1 colher (chá) de chá verde em pó
- ½ xíc. de maionese
- ½ cebola, picada
- 1 colher (sopa) de vinagre
- 1 colher (chá) açúcar, sal, pimenta


Como Fazer

Corte o abacate ao meio, na longitudinal.
Retire a polpa e corte em cubos.
Misture com o suco de limão, para não escurecer.
Reserve a casca do abacate.

Descasque a manga, e corte em cubinhos.


Corte o atum em cubos.

Numa vasilha, junte o abacate, o atum e a manga, e misture o molho para marinar.
Deixe descansar por alguns minutos.

Misture os ingredientes do molho tártaro: maionese, vinagre, cebola, tempero.
Misture o chá verde.

Monte a salada: preencha as cascas de abacate com o recheio marinado. Polvilhe com o molho tártaro.

Dica: se não gosta do atum cru, deixe ‘cozinhar’ em suco de limão, por uns minutos. Ou use atum enlatado.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails