segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Modo Mais Simples de Ser Saudável


Pode não ser tão estimulante como surfar, descolado como pedalar, ou chique como navegar, mas caminhar traz muitos benefícios. Além de ser barato e relaxante, pode ser um excelente meio de transporte.

E também é incrivelmente popular. Caminhar é, hoje em dia, a forma mais comum de atividade física.

De viagens curtas para fazer compras, até longos passeios pelo interior, há sempre uma forma de caminhada que atenda a maioria das capacidades e interesses.

(Veja o exemplo do cineasta norte-americano que registrou sua jornada ao longo dos 3.500 km da trilha dos Apalaches, seis meses de aventura condensados num vídeo de 5 minutos)


Green Tunnel from Kevin Gallagher on Vimeo.

Mas nem todo mundo precisa ir a tais extremos. De fato, o grande apelo de caminhar está na sua facilidade e acessibilidade. Tudo que você precisa são duas pernas – você não precisa de equipamentos ou instalações caros.

Caminhar oferece os mesmos benefícios gerais de outras formas de atividade física: melhorando o humor e a função cerebral, pressão arterial e saúde cardiovascular e, ao mesmo tempo, afastando o perigo da obesidade, diabetes e alguns tipos de câncer.

Mas o que torna essa atividade particularmente benéfica são o baixo risco de lesão e o fato de ser tão fácil de encaixar-se na nossa rotina diária.

Levar o cão para passear, ou ir a pé para o trabalho, por exemplo, são opções fáceis, que não requerem uma mudança drástica na rotina. Mas para a saúde em geral, não basta dar uma volta na quadra. É melhor caminhar continuamente, por ao menos meia hora, a passos moderados. Para perder peso, você vai precisar caminhar por uma hora ou mais.

O melhor modo de aumentar a atividade é habituar-se a caminhar. É uma questão de construir a atividade no seu dia-a-dia, e a caminhada é a atividade que a maioria de nós pode fazer.

Mas ainda assim pode ser difícil manter-se motivado, especialmente para aquelas pessoas com pouco tempo ou energia.

Caminhar é enganosamente simples, mas ainda assim, um grande desafio. Não basta entender que caminhar faz bem para você – é preciso senti-lo e fazê-lo. Fazê-lo (caminhar) vai ajudar a reforçar e mudar sua mentalidade. A maioria das pessoas sedentárias acaba desfrutando de caminhar uma vez que comecem, especialmente se puderem planejar a atividade e encontrar alguém que as acompanhe.

Preparação e organização ajudam a manter o hábito. Por exemplo, uma boa preparação pode começar com a vestimenta. Se for precisar carregar algo, opte pela mochila. Troque sapatos por tênis leves e confortáveis. Se há a perspective de chuva, não se esqueça da capa, ou guarda-chuvas.

Se vai caminhar até o trabalho, no verão, e não há um chuveiro, leve uma toalha para se secar, e tente sempre sair antes do sol ficar muito forte.

Também há coisas que você pode fazer para tornar a caminhada mais agradável, como ouvir música. Faz você ir mais depressa (mas cuidado com o tráfego!).

Se não pode caminhar até o trabalho, tente descer do ônibus ou do trem algumas paradas antes, e andar o resto do percurso a pé.

E que tal reservar sua caminhada para aqueles momentos de ‘auto-indulgência’? Vai lhe dar tempo para clarear sua mente, suas endorfinas vão fluir e, quando chegar ao seu destino, vai sentir-se muito melhor.

E sabe o que mais, é incrível o que você pode descobrir sobre sua vizinhança com uma simples caminhada!


Muitas pernas tornam uma caminhada mais leve. Se caminhar sozinho não é a sua praia, juntar-se a um grupo pode ajudar a aumentar sua motivação. Você não vai caminhar apenas em benefício do seu coração, mas também da sua mente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails