quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Oprah e a Celíase


Em um dos últimos programas de TV da apresentadora norte-americana Oprah Winfrey, uma médica falou sobre alergias alimentares, e alertou sobre o crescimento da celíase na terceira idade. Ela comentou que – impressionante!- uma em cada quatro pessoas pode desenvolver algum tipo de intolerância alimentar depois dos 60 anos.

Com o envelhecimento, vem a dificuldade gradual em processar e absorver certos alimentos, como o leite e a farinha de trigo. Sendo assim, é altamente recomendável, reduzir a ingestão desses alimentos e seus derivados, para evitar riscos futuros.

No Ocidente, as pessoas ingerem glúten demais, o que provoca o sobrepeso, problemas cardíacos, enxaquecas, etc.

Substituir a farinha de trigo por outras farinhas é muito fácil no Brasil, que tem uma variedade considerável de produtos, como a farinha de milho, o polvilho, a soja, a farinha de arroz, etc.

Se você é celíaca, convença seus familiares e amigos a adotarem uma dieta gluten-free!
É bom para a saúde, ajuda a diminuir o estresse, o peso e até mesmo as dores de cabeça crônicas.
Adicionei à lista de links permanentes, alguns websites, em inglês, de culinária típica brasileira, já que vários amigos estrangeiros têm solicitado receitas brasileiras sem glúten. Nossa feijoada faz sucesso entre os celíacos do mundo inteiro!
 

domingo, 17 de agosto de 2008

Crepes de Maçã e Chutney Rápido

Crepes de Maçã

Massa (10 crepes)
 
- 2 ovos
- ½ c.s. de açúcar
- ¼ xíc. de água
- 1 c.c. de baunilha
- ½ c.s. de manteiga (ou margarina) para untar.


Numa tigela funda, bata os ovos com o açúcar, a água e a baunilha.
Unte uma frigideira antiaderente (12 cm) com a manteiga.
Faça os crepes, fritando 1 c.s. da massa de cada vez, até ficar firme.
Reserve os crepes.

Recheio
- ½ c.s. de açúcar
- 1 maçã verde grande (descascada e fatiada fino)
- ½ c.c. de canela
- ¼ xíc. de água.

Numa panelinha, coloque o açúcar, a maçã, a canela e a água.
Leve ao fogo baixo e cozinhe até evaporar o líquido e a maçã ficar úmida.
Recheie formando pacotinhos: coloque o recheio no centro do crepe, vire dois lados para o centro e dobre os outros dois lados também para o centro.
Arrume numa travessa, com a dobra para baixo.
Outra forma é fazer trouxinhas, amarrando os crepes com uma cebolinha.

Molho
Sobre os crepes derrame um molho feito com ¾ xíc. de iogurte natural e 1 c.s. de açúcar.


Chutney Rápido
Faça essa geléia agridoce para acompanhar carnes em apenas 1 minuto!
 
- 1 vidro pequeno de geléia de damasco
- 2 c.s. de vinagre
- 1 pitada de sal e pimenta à gosto.

sábado, 16 de agosto de 2008

Sequilhos de Coco

*
Ingredientes
- 3 xíc. de araruta
- 1 xíc. de coco fresco ralado
- 1 ½ xíc. de açúcar
- 1 ovo
- 3 ½ c.s. de manteiga (ou margarina)
 
Modo de Fazer
Numa vasilha, amasse bem todos os ingredientes.
Faça bolinhas de 1 cm de diâmetro e coloque numa assadeira (untada e polvilhada), e achate-as levemente com a ponta do dedo.

Asse em forno pré-aquecido (180ºC) por 20 min, até a base ficar dourada. Deixe esfriar e guarde em recipiente fechado.

Técnicas de culinária: arroz

Como se faz arroz branco?

Você cozinha o arroz até com os olhos vendados?
Ok, mas para os novatos pilotos de fogão, fazer um arroz soltinho pode ser um pesadelo!
Aí vai a receita básica!


Arroz Branco (4 porções)

Ingredientes
- 1 xíc. de arroz branco
- 2 c.s. de óleo
- 1 dente de alho picado
- 2 xíc. de água fervente
- 1 pitada de sal


Modo de fazer
Aqueça o óleo numa panela, adicione o alho, fritando até dourar.
Junte o arroz, mexendo bem como uma colher de pau, até ficar solto na panela.
Adicione a água e o sal.
Quando ferver, baixe bem o fogo, deixe a panela semitampada, por cerca de 20 min.
Para “colorir” o arroz, junte uma pitada de páprica doce, ou de colorau.
Para fazer o arroz integral é só acrescentar mais 1 xíc. de água.

Farinha de Milho e Fubá


Qual a diferença entre o Fubá e a Farinha de Milho?

Tanto a farinha de milho como o fubá são produtos resultantes do milho.
São alimentos energéticos, ricos em hidratos de carbono.
A farinha de milho é amarelada ou branca, dependendo do tipo do produto.
Ela já é pré-cozida e pode ser usada diretamente nas preparações rápidas como farofas, por exemplo. Substitui também a farinha de mandioca nos cremes, cuscuz ou pirão.

Como é feita a farinha de milho?
 
O milho moído é colocado num tacho e levado ao fogo. Durante o aquecimento, o milho começa a grudar, formando placas granulosas que, depois de esfareladas, resultam na farinha.
O fubá é uma farinha fina obtida pela moagem dos grãos secos do milho amarelo, com ou sem germe. Como o germe provoca a rápida deterioração do produto, por ser muito gorduroso, o fubá encontrado no comércio geralmente é fabricado com o milho sem germe.
De acordo com o grau de refinamento do grão temos:
 
Fubá mimoso – finíssimo, ideal para o preparo de bolos e polentas.
 
Fubá comum – tem grau de refinamento médio e é usado para engrossar caldos e sopas.
 
Sêmola (ou semolina) de milho – farinha granulada, indicada para o preparo de broas.

 
Como preparar o Fubá?
 
Com líquidos frios: coloque o fubá e o líquido numa panela e, quando começar a esquentar, mexa sem parar com uma colher de pau, para evitar que grude no fundo da panela.
 
Com líquidos quentes: misture o fubá ao líquido aos poucos, de preferência em forma de “chuva”, e mexa sem parar.
 

Receita de Farofa de Biju
 
Com o biju, uma farinha de mandioca flocada, você pode preparar uma farofa deliciosa!
Aqueça uma frigideira e junte 2 xíc. de biju, mexendo sempre até a farinha ficar ligeiramente dourada. Junte então ¼ xíc. de manteiga (ou margarina), misture bem e tempere com sal a gosto.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Bolinhos de Feijão-fradinho

Receitas da culinária brasileira tradicional

Quem conhece os bolinhos de feijão-fradinho?
Encontrei essa receita que parece deliciosa, embora seja um tanto trabalhosa. É similar à massa do bolinho de acarajé.

Quem tiver interesse e não tem preguiça de “botar a mão na massa”, aqui está a receita escaneada de uma revista de culinária.

bolinhos sem glúten

Maionese: duas receitas básicas


Maionese básica

Ingredientes (para 2 xíc.)
- 3 gemas
- 1 ⅔ xíc. de óleo
- 2 c.s. de suco de limão ou vinagre
- sal e pimenta-do-reino


Numa tigela funda, junte as gemas, o suco de limão e sal e pimenta a gosto. Misture com um batedor de arame. Aos poucos, junte o óleo, em fio, sem parar de bater, até engrossar.
Dica: para fazer uma Mousseline, misture à maionese básica ¾ xíc. de creme de leite fresco (nata).



Maionese de Claras
Essa maionese tem a mesma consistência que a tradicional, só fica mais “pálida”. A grande vantagem é que contém menos calorias e não tem colesterol!

Comece batendo em velocidade média no liquidificador: 3 claras de ovo, sal a gosto e suco de limão. Acrescente 1 ½ xíc. de óleo, em fio, sempre batendo, até atingir a consistência de maionese.

Suco de Casca de Abacaxi


Prepare um delicioso refresco com a casca do abacaxi!
Esse suco fica bem suave!


- 1 abacaxi inteiro bem lavado (escove bem a casca)
- Descasque, deixando um pouco da polpa da fruta na casca.

- Coloque os pedaços da casca numa tigela funda ou vidro, cubra com 1 litro de água e junte 1 xíc. de açúcar.
- Tampe e deixe descansar por 1 dia.
- Peneire, leve à geladeira.

Vinagre Balsâmico

O que é o Vinagre Balsâmico?

O Vinagre Balsâmico (Aceto Balsamico) original é produzido em Modena, região de Emilia-Romagna, norte da Itália.

O processo de fabricação desse vinagre, de cor marrom-escuro, e de sabor e aroma adocicados, começa com uma etapa antes do vinagre comum, isto é, quando o mosto (suco) da uva do tipo trebbiano é fervido e evaporado até virar uma calda doce.
Então é colocado em barris de carvalho para envelhecer adequadamente, por no mínimo cinco anos.

Existem vinagres sofisticados que envelhecem até 40 anos, como os melhores uísques.
O vinagre balsâmico é ótimo não só para o tempero de saladas, mas na preparação de molhos e no tempero de carnes.

Sobremesa
Experimente temperar morangos com açúcar e vinagre balsâmico. Fica delicioso!

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Salada de Feijão Vermelho


Salada de Feijão Vermelho


Ingredientes
- 250g de feijão vermelho
- 1 laranja grande
- 1 cebola roxa
- alho
- azeite de oliva
- farinha de mandioca
- 1 c.s. de suco de limão
- 1 c.s. de açúcar
- 1 c.c. de mostarda
- sal e pimenta-do-reino


Cozinhe o feijão al dente, escorra e deixe esfriar (ou use feijão enlatado, drenado e lavado).
Numa frigideira antiaderente, esquente 2 c.s. de azeite de oliva e frite 2 dentes de alho picados, até dourarem.
Retire o alho e o descarte. Nesse mesmo óleo, frite 3 c.s. de farinha de mandioca, até dourar. Reserve.
Descasque a laranja e corte em fatias (escolha uma laranja doce). Corte a cebola em fatias finas.
Misture os ingredientes para temperar a salada: o suco de limão, o açúcar, a mostarda, o sal e a pimenta, e 1 c.s. de azeite de oliva. Numa saladeira, junte o feijão, a cebola e a laranja, o tempero, misture bem e, por fim, espalhe sobre tudo a farinha de mandioca (ou use uma farinha de mandioca temperada pronta).

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails