quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dor de Cabeça e Alimentação


Existe alguma ligação entre certos alimentos e a dor de cabeça?

Já foi demonstrado que determinados alimentos contribuem para o aparecimento das cefaléias.

É comum ouvir falar de pessoas que cortaram algum alimento de suas dietas, ou tenham sido aconselhadas a controlar certas comidas para prevenir as cefaléias.

E realmente, alguns alimentos podem produzir dores de cabeça fortes. Em geral, os especialistas concordam que entre os componentes não recomendáveis se encontram:

- os nitratos (salsichas, embutidos, cachorro quente, etc.);

- o glutamato monossódico (utilizado em alguns pratos da culinária oriental, especialmente a chinesa de baixa qualidade);

- bebidas com cafeína (café ou colas);

- alimentos com tiramina (chocolates, queijos, nozes);

- farinha de trigo (ou o glúten) *;

- bebidas alcoólicas.

*Muitas pesquisas e diagnósticos indicaram que algumas pessoas apresentam fortes cefaléias ou até mesmo enxaquecas, como sintoma de uma sensibilidade a produtos derivados do trigo, ou mesmo ao glúten. Uma recomendação importante é o exame de diagnóstico da doença celíaca nessas pessoas, para descartar a possibilidade de que essas dores de cabeça sejam um sintoma da alergia ao glúten.

Enfim, o importante é que o médico é quem melhor conhece o seu paciente e pode dizer se esse é o caso.

Leve em conta que, juntamente com esses alimentos, a sensação de fome pode produzir dor de cabeça, e é por isso que se recomenda comer normalmente na mesma hora e respeitar o horário habitual das refeições.


Por outro lado, existem também uma série de alimentos ou substâncias que podem ser benéficas e atuar como estabilizadoras da dor de cabeça.

- A vitamina B, por exemplo, reforça o sistema nervoso, sendo útil nas cefaléias e na sua prevenção.
limão, "aspirina natural"

- Algumas plantas, suas infusões ou outras formas de aplicação das mesmas, podem ajudar igualmente: gengibre, melissa, passiflora, boldo, fumária, ginko e flor de malva são algumas delas.

ginkgo biloba

terça-feira, 28 de junho de 2011

Molhos Caseiros para Massas


Provavelmente o prato mais popular no mundo, o macarrão, massa ou pasta, é uma comida barata, fácil de preparar, e pode ser acompanhada dos molhos mais variados que se possa imaginar.

Sendo assim, pode ser muito prático abrir uma lata ou vidro de molho pronto, esquentar e jogar sobre a massa. Mas não é pouco criativo? E quão difícil é preparar um molho caseiro? Nem um pouco!

Além disso, experimente escolher novos formatos de massas. As variedades são grandes, principalmente entre as ‘pastas’ italianas. Por outro lado, não há muitas variedades de massas sem glúten, ao menos no Brasil. Pode-se optar pelo fusilli, penne, espaguete e o bifun.

Todas as receitas de molho são abertas a interpretação e experimentação. Que sua despensa e sua imaginação, sejam o seu guia.

Três sugestões de molhos, para começar... Mais idéias ao longo da semana.
Fique ligado!

1.Tomate Fresco

Misture 6-7 tomates maduros, sem sementes, picados, com 1 dente de alho esmagado, 5 colheres de sopa azeite de oliva extra-virgem, sal e pimenta.
Variações: Adicione 250 gramas de queijo mussarela ralado, ou 1 colher (chá) de raspas de limão.

espaguete com tomates
2. Primavera

Aqueça 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem em uma panela funda, refogue, em fogo médio, 1 xíc. de cenoura picada e um dente de alho picado.
Adicione 2 xíc. de tomate cereja e refogue por mais 30 segundos.
Junte uma 1 xíc. de caldo de galinha, deixe ferver e acrescente 250 g de aspargos ( cortados em pedaços de 2,5 cm) e 250 g de ervilhas congeladas.
Cozinhe até que os vegetais estejam macios.
Adicione ao macarrão com 1 xíc. de queijo de parmesão ralado e 1 / 4 xíc. de manjericão fresco picado.

espaguete primavera

3. Três Queijos

À massa quente (já cozida e escorrida) adicione 1 xíc. de parmesão fresco ralado, ¾ xíc. de Emmental ralado, Gruyere ou Edam e a mesma quantidade de mussarela.
Adicione 125 g de manteiga cortada em pedaços pequenos.
Misture bem, acrescentando ½ xíc. de água do macarrão para soltar, se necessário. Tempere com pimenta do reino moída na hora.

molho de queijo

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Sopa de Galinha Com Nachos


Esta é uma versão rápida e não muito autêntica da deliciosa “sopa de tortilla” mexicana.
E como há previsão de neve para esse final de semana na serra gaúcha, essa receita "quente" vai cair muito bem!

Ingredientes

- 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
- 2 cebolas, cortadas ao meio e fatiadas
- 2 dentes de alho, em fatias finas
- 400 g tomates enlatados, picados
- 2 pimentas (jalapeña) em conserva, picadas ( 1 c.s. extra para os nachos)
- ½ colher (chá) de cominho em pó
- ½ colher (chá) de sal
- ½ colher (chá) de açúcar
- 1 litro de caldo frango ou de legumes
- 400 g feijão vermelho enlatado, drenado
- 100 g de milho enlatado, escorrido
- 400 g de frango cozido, levemente aquecido
- 1 abacate, descascado, sem caroço e fatiado
- 1 punhado de coentro fresco
- 1 embalagem de nachos (salgadinhos de milho)
- 50 g de queijo cheddar, ralado (mais 1 c.s. extra para servir)

Como Fazer

Aqueça o óleo em uma panela de fundo grosso e refogue a cebola e o alho, até a cebola ficar macia.

Acrescente os tomates, pimentas, cominho, sal e açúcar, misturando bem.

Adicione o caldo e deixe ferver suavemente, parcialmente coberto, por 10 minutos. 

Adicione o feijão e o milho e cozinhe por mais 10 minutos.

Aqueça o forno a 180º C, ou use uma grelha.

Desfie o frango e reserve, junto com o abacate e folhas de coentros, para servir.
Disponha os nachos de milho sobre uma folha de papel alumínio, polvilhe o queijo ralado (e mais pimenta jalapeña, se gosta do prato picante) e asse ou grelhe até que o queijo derreta.


Divida o caldo entre quatro pratos de sopa aquecidos.
Coloque um pouco do frango desfiado no centro do prato, e cubra com abacate, nachos, o coentro e o queijo restantes.
Rendimento: 4 porções.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Abacaxi no Palito


O abacaxi é uma fruta muito saudável, e que está disponível nos mercados o ano inteiro.
Uma boa sugestão para incentivar as crianças a comer mais frutas é apresentá-la de forma criativa, como essas deliciosas fatias de abacaxi no palito. O chocolate é apenas um incentivo a mais, mas é melhor não exagerar na quantidade, ou a sobremesa vai deixar de ser nutritiva!

Ingredientes

- 1 abacaxi maduro
- chocolate para derreter
- confeitos coloridos
- palitos de madeira

Corte a fruta em fatias, no sentido longitudinal, como mostra a imagem.

Espete as fatias nos palitos de madeira e reserve.

Derreta o chocolate em banho-maria e, com uma bisnaga de confeiteiro, espalhe o chocolate sobre as fatias de abacaxi e, por fim, cole os confeitos sobre o chocolate.

domingo, 19 de junho de 2011

Dicas Para Ter Uma Barriga “Tanquinho”


O excesso de gordura ao redor da barriga é um problema comum para homens e mulheres, e à medida que envelhecemos, torna-se cada vez mais difícil de perder essa gordura.

Para alguns, é uma área problemática perene - pessoas com certo tipo de corpo acumulam o excesso de gordura aí, mesmo quando estão em forma; para outras ela se instala na barriga como parte de um aumento geral no peso. Mas sonhar com uma barriguinha chata não é apenas uma questão de boa aparência ou de as roupas caírem bem, é também um fator de saúde do coração.

A existência de gordura visível ao redor da barriga pode ser um indicador de gordura ao redor dos órgãos internos, o que aumenta o risco de doença cardíaca.

Uma boa maneira de descobrir é medir a circunferência da cintura - se a medida é maior que 94 centímetros para homens e 80 centímetros para as mulheres pode ser hora de agir, embora esses números sejam diferentes para determinados grupos étnicos.

Até mesmo caminhar 30 minutos por dia, como parte regular de seu dia, é a coisa mais simples que você pode fazer e altamente recomendável.

Para mais sugestões sobre como lidar com esta área, leia abaixo a orientação de nutricionistas, instrutores físicos e fisioterapeutas.

O que nós comemos

A orientação nutricional: Você não pode mudar a forma do seu corpo, mas se está acima do peso pode fazer algumas mudanças na dieta que irão diminuir o o problema em certas áreas.

A má notícia para quem bebe litros de café durante o trabalho é que a cafeína é um dos piores inimigos para a atração de gordura no estômago.

Por exemplo, os refrigerantes diet e o café preto, embora não sejam muito calóricos, contêm a cafeína que aumenta o cortisol, um hormônio do estresse que nos faz armazenar gordura na barriga, gordura visceral.

Outro problema são os carboidratos refinados ou com alto índice glicêmico (IG), como pão branco, arroz branco, etc. Tudo o que vá colocar sua glicose e insulina num nível maior do que deveria ser.

A glicose, com a ajuda da insulina, é usada pelo corpo para  gastar energia. A glicose extra é armazenada no corpo para uso posterior, e se não for usada, é convertida em gordura.

A sugestão é mudar para os carboidratos de baixo índice glicêmico, como pão integral, arroz integral e massas integrais e consumir estes com uma proteína.
Por quê? Porque isso diminui a absorção dos carboidratos. Queremos que eles sejam absorvidos [devagar] e mais constantemente durante todo o dia, para que não afetem os hormônios, como a insulina, pelos níveis de glicose estarem muito altos.

Inchaço do estômago é uma outra questão. Há uma série de causas possíveis, incluindo alergias e intolerâncias alimentares, que podem ser bastante graves, comer muito rápido ou demais, ou até mesmo um desequilíbrio de bactérias digestivas. Recomenda-se consultar um médico para descartar qualquer problema de saúde.

Como podemos queimar a gordura

A orientação dos preparadores físicos: Você pode ter a barriga mais “malhada” do mundo, mas se estiver coberta por uma camada de gordura,  você nunca vai vê-la.

Exercícios de flexão, abdominais e alongamento irão fortalecer os músculos abdominais, mas o primeiro passo é perder o peso em torno do estômago.

Faça exercícios aeróbicos, qualquer coisa que acelere o seu ritmo cardíaco. Faça algo que você gosta, faça com freqüência e também reduza a sua ingestão de calorias, ficando longe de alimentos processados ​​ricos em amido e carboidratos de alto IG.


Uma vez que você tenha perdido peso, o trabalho cardio terá tido um impacto sobre o tonus da sua barriga.

Tonus da Barriga

A orientação do fisioterapeuta: O fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico (MAP) pode ajudar homens e mulheres que perderam a forma abdominal. Muitas vezes, vemos mulheres que tiveram um ou dois filhos, voltarem a fazer exercícios regularmente, mas ainda têm um pouco de barriga.

A recomendação, portanto, é a prática de movimentos leves para construir a força, ao invés de exercícios pesados, como abdominais, que podem colocar muita pressão sobre a parede abdominal e o assoalho pélvico.

No Pilates, a chave é inspirar enquanto se levanta um peso ou executa uma ação, em vez de expirar, o que coloca pressão sobre o assoalho pélvico. Isto pode ser aplicado para flexões e agachamentos, bem como para muitos outros exercícios que exigem um certo esforço.

Veja dois exemplos de exercícios (a técnica é importante, se você não tiver certeza de como executá-los, procure o aconselhamento de um profissional):

1. Deitar de costas com os joelhos e os braços no ar. Estique a perna direita, e ao mesmo tempo estique o braço esquerdo para trás de sua orelha ou tanto quanto for confortável. Traga-os de volta ao centro e em seguida troque de lado. Se for muito difícil, tente um membro de cada vez. Cuide para que suas costas não se arqueiem mais do que a posição em que você começou. Isso pode acontecer quando a perna se estende ou o braço levanta acima de você, então, tome cuidado!

variação do exercício 1

2. Fique de quatro no chão (palma das mãos e joelhos). Mova o seu braço direito para frente, estenda a perna esquerda. Traga-os de volta à posição original e repita do lado oposto.

variação do exercício 2

sexta-feira, 17 de junho de 2011

"Doenjang-jjigae" (Cozido de Pasta de Soja)

Imagem: http://www.surakorean.com/
Quem já assistiu qualquer filme ou drama (série de TV) coreano certamente ficou com água na boca ao ver algum personagem preparando ou comendo um belo prato de ensopado. É claro que o ensopado, ou cozido, como se queira chamar, é um prato comum da culinária popular de muitos países, mas você pode aprender a preparar esse prato delicioso e nutritivo, com um toque especial da culinária sul coreana.

"Doenjangjjigae" é um cozido, um dos pratos típicos da cozinha coreana. É um prato do dia-a-dia da Coréia, assim como é o feijão para os brasileiros.

Essa é uma receita básica. Assim como os coreanos, você pode acrescentar outros ingredientes, como abobrinha, nabo, batatas, kimchi, etc. O prato também pode ser servido com o arroz em separado, como acompanhamento.

Ingredientes

- 90 g de carne (contra-filé ou lombo)
- 15 g de cogumelos shitake
- 700 ml (3,5 xíc.) de arroz japonês, lavado
- 75 g (5 c.s.) de pasta de soja (missô)
- 250 g de tofu
- 2,2 g (1 c.c.) de pimenta vermelha em pó
- 20 g de alho poró
- 15 g de pimenta verde
- 20 g de pimenta vermelha

Molho para temperar a carne:

- 9 g (½ c.s.) de molho de soja claro
- 4,5 g (1 c.c.) de cebolinha verde picada
- 2,8 gramas c.c.) de alho picado
- 0,5 g (1/3 c.c.) de gomasio
- 0,3 g (1/8 c.c) de pimenta-do-reino preta
- 4 g (1 c.c.) de óleo de gergelim

O Preparo Inicial:


1. Enxugue qualquer excesso de sangue na carne, e corte pedaços grossos de 2,5x 0,5 cm.

2
. Se os cogumelos forem secos, deixe de molho na água por uma hora, em seguida, remova os caules, seque e corte em fatias.


3. Corte o tofu em pedaços de 2 cm de largura, 3 cm de comprimento e 1 cm de espessura.


4. Tempere a carne e os cogumelos com o molho de tempero, respectivamente.

5. Corte a cebola e as pimentas em pedaços de 2 cm de comprimento e 0,2 cm de largura, na diagonal.

O Cozimento:
1. Pré-aqueça a panela, coloque a carne e os cogumelos, frite por 2 minutos em fogo médio e adicione o arroz, pré-lavado na água e escorrido.

2. Dissolva a pasta de soja e ferva por 4 minutos em fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo para médio e deixe ferver por mais 10 minutos.


* imagens da receita, cortesia de “The Beauty of Korean Food: With 300 Best-Loved Recipes'', publicado pelo Instituto de Comida Tradicional Coreana.

3. Quando a pasta estiver bem agregada, adicione o tofu e a pimenta em pó e deixe ferver por 2 minutos. Adicione as pimentas e deixe ferver por mais 1 minuto.


Obs.: Depois de acrescentar tofu, basta fervê-lo rapidamente, para mantê-lo macio antes de servir.
Dica:
No verão, acrescente fatias de abóbora, para realçar o sabor do prato.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails