quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Salada na Marmita


Saiba como preparar uma bela salada para levar ao trabalho.

Quantas vezes temos que nos conformar em comer um sanduiche ou uma salada ao trabalho, ou faculdade, por falta de tempo para desfrutar de um almoço completo? Segundo um estudo da FOOD, una organização dedicada à luta contra a obesidade, 37% dos europeus come no trabalho. Para todos os que não têm nem quinze minutos para almoçar, saibam que existe uma forma muito saudável de desfrutar de uma salada, mesmo que em circunstâncias adversas.


O primeiro a levar-se em conta são, evidentemente, os ingredientes. Uma salada saudável, segundo alguns nutricionistas, deve conter alface, tomate, cebola e cenoura.

Por que estes ingredientes?

- O tomate e a cebola contêm antioxidantes que contribuem na prevenção de doenças cardiovasculares e certos tipos de câncer.

- A alface, rica em água, cumpre a função de hidratar nosso organismo.

- A cenoura também não pode faltar, porque contém provitamina A, que tem efeitos positivos na pele, cabelo e olhos. Recomenda-se cortar a cenoura em rodelas, e não ralar, pois este ato mecânico destrói suas fibras.

É muito saudável misturar frutas aos vegetais

O tempero é outra parte importante do prato e, embora os nutricionistas não proíbam os molhos prontos (como de soja ou ‘ceasar salad’), se recomenda temperar as saladas com três elementos essenciais. O primeiro deles é o azeite de oliva extra-virgem, já que é a melhor gordura “cardiosaudável” que existe. O segundo é o limão, pois quando adicionamos um ingrediente ácido às hortaliças, proporcionamos uma melhor absorção de suas vitaminas. Por último, não deveriam faltar ervas aromáticas como o orégano, a salsinha, o coentro, o alecrim, o tomilho, o estragão, etc. Além de dar sabor, seu alto conteúdo de antioxidantes ajuda a prevenir o câncer.

Aproveite frutas e verduras da temporada, mais frescas e nutritivas

Como impedir que a salada chegue murcha ao trabalho?

Levando-se em conta quais são os ingredientes ótimos para preparar uma salada, não podemos esquecer que o transporte da comida pode ocasionar a perda de parte de seus nutrientes. As saladas são alimentos de risco, porque são consumidas cruas, mas podem ser saboreadas perfeitamente, tomando algumas precauções.

Se desejar, incorpore a proteína do atum à salada

A regra imprescindível é evitar que se rompa a cadeia do frio. Para isto, devemos utilizar uma embalagem, ou marmita que garanta que a temperatura se mantenha estável. Deste modo evitamos que micro-organismos daninhos, às vezes presentes nas hortaliças, se multipliquem, por serem alimentos que podem conter restos procedentes da terra. Para os mais sensíveis com a higiene, há um truque simples: depois de lavar bem os ingredientes, deixá-los de molho em uma tigela com água, por 4-5 minutos, com umas gotas de água sanitária* e, depois, voltar a enxaguá-los muito bem. * Verifique se o produto é apto para a desinfecção de alimentos e bebidas.


É conveniente levar cada ingrediente em separado, e sem cortar, para preparar a salada no local de trabalho/estudo, e temperá-la só na hora do consumo. É uma forma de garantir que os ingredientes não percam suas propriedades benéficas ao organismo.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Omelete Campestre


Ingredientes (4 porções)

- 4 ovos
- 1 pimentão amarelo
- 1 pimentão vermelho
- 1 cebola roxa
- 4 tomates secos no azeite
- 2 colheres (sopa) de salsa picada
- 100 g de queijo gorgonzola
- 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
- sal e pimenta

Como Fazer


Lave os pimentões, retire a parte branca e as sementes e corte em tiras.

Descasque a cebola, lave e corte em juliana.

Em uma frigideira, aqueça 3 colheres (sopa) de azeite e refogue o pimentão, a cebola e os tomates escorridos, em fogo baixo, por 15 minutos.


Bata os ovos numa tigela, temperando com sal e pimenta moída na hora.


Em uma frigideira grande, aqueça o azeite de oliva restante e cozinhe a omelete de um lado.

Vire a omelete, cubra com as tiras de cebola e pimentão, os tomates e o queijo desmanchado.
 
Polvilhe a salsinha picada e retire a omelete do fogo, quando estiver cozida.

 
Corte a omelete em 4 porções e sirva quente.

domingo, 28 de setembro de 2014

Bolinhos de Aipim


Ingredientes (cerca de 45 bolinhos)

- 1 kg de aipim (mandioca)
- 2 ovos
- ¼ xíc. de salsinha picada
- 2 colheres (sopa) de cebolinha picada
- sal e pimenta
- óleo de canola para fritar

Como Fazer

Descasque e lave bem o aipim.
Cozinhe em bastante água até ficar macio.

Escorra e passe pelo espremedor.
Junte os ovos, o cheiro verde, e tempere com sal e pimenta a gosto.
Misture bem.

Aos poucos, tire colheradas da mistura e frite em 3 cm de óleo quente.
Doure dos dois lados.

Dica: para variar, acrescente linguiça calabresa fresca.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Pinheiros de Natal “2D”


Ainda é cedo para pensar na decoração tradicional de Natal, mas para quem estiver pensando em algo original para decorar a casa nas festas de fim de ano, é bom começar a planejar agora mesmo! Uma ideia muito divertida são as árvores estilizadas, em duas dimensões, aproveitando paredes da casa – sala, cozinha, corredores, podem servir de moldura para um pinheiro muito ‘estiloso’ de Natal. Pense nos materiais que gostaria de utilizar – faça um esquema da árvore e vá guardando os acessórios da decoração. De fotos a adesivos coloridos, de miçangas a pingentes de tecido, as alternativas são infinitas.
 
Veja algumas bonitas sugestões, e solte sua criatividade...
 
Alterne miçangas, botões, fotos antigas e qualquer outro adereço colorido e divertido que tiver a mão...
 

 
 


Uma árvore genealógica que irá emocionar a família!
 
Em uma moldura, os mais belos e criativos efeitos...
 



 
 
E na copa ou na cozinha...
 


 
 
Papel colorido, tesoura, e mãos a obra!
 


 
Boas Festas!
 

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Gelatina Caseira de Maracujá


Ingredientes (6 porções)

- 1 ½ kg de maracujá (9 unidades), ou 3 xíc. de polpa com sementes
- 1 xíc. de açúcar
- 1 ½ xíc. mais  1/3 de xíc. de água
- 1 envelope mais ½ colher (sopa) de gelatina em pó sem sabor (17 g)
- óleo vegetal para untar

Como Fazer

Passe a polpa do maracujá pela peneira, junte o açúcar e 1 ½ xíc. de água. Misture.

Acrescente a gelatina na água restante e deixe hidratar por alguns minutos.

Leve ao banho-maria até dissolver bem.

Junte a mistura de maracujá com gelatina e coloque numa fôrma de 17 cm de diâmetro, untada com óleo.

Leve para gelar até ficar firme.

Desenforme e sirva.
(174 cal por porção)

domingo, 21 de setembro de 2014

Frango Assado com Batatas Glaseadas


Ingredientes (4 porções)

- 1 frango inteiro (1,8 kg)
- 12 batatas rosa
- 200 ml de caldo de galinha
- 50 g de manteiga sem sal
- 1 molho de tomilho
- folhas de louro
- 1 cabeça de alho

Para o molho verde:
- 1 molho de salsinha (só as folhas)
- 40 g de azeitonas pretas, sem caroço
- 20 g alcaparras
- 1 anchova salgada
- 100 ml de azeite de oliva extra virgem
- suco de ½  limão

Como Fazer

Pré-aqueça o forno a 200º C.

Unte o frango com azeite e tempere com sal.

Recheie a cavidade do frango com metade do tomilho, metade do alho e 3 folhas de louro. As ervas restantes coloque no fundo da assadeira e o frango sobre estas. Leve ao forno para assar.

Corte as batatas em rodelas grossas (se tiver, use um cortador de 5 cm), apare as pontas com uma faca.

Após 30 minutos de forno do frango, aqueça azeite em uma frigideira e cozinhe as batatas, até ficarem com uma coloração dourada. Junte a manteiga e deixe formar espuma.

Derrame os ingredientes da frigideira dentro da assadeira, deixando o lado dourado das batatas para cima. Junte o caldo de galinha quente e volte o frango ao forno por 45 minutos.

Verifique se a carne está cozida, retire da assadeira e deixe descansar.

Coloque a assadeira sobre um bico do fogão, vire as batatas e deixe que absorvam todo o líquido e fiquem glaseadas.

Enquanto o frango acaba de assar, prepare o molho verde:
Coloque todos os ingredientes no processador, ou liquidificador, e bata até ficar homogêneo.

Cubra o frango com o molho verde e sirva acompanhado das batatas.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Biscoitos de Avelã


A receita de biscoitos feitos com amendoim e claras é bem conhecida, mas usar outros tipos de nozes também funciona muito bem. Experimente estes biscoitos “brutti ma buoni” (feios mas bons) usando um mix de avelãs e amêndoas, ou apenas avelãs, de acordo com sua preferência; uma parte das nozes pode ser moída e outra deixada em pedaços maiores. E se preferir, use avelãs já tostadas e sem pele, e pule a primeira etapa da receita.

Ingredientes (cerca de 20 unidades)

- 200 g de avelãs cruas inteiras
- claras de ovo
- 140 g de açúcar
- suco de ½ limão

Como Fazer

Forre uma assadeira grande com papel manteiga. Reserve.

Em outra assadeira, torre as avelãs no forno a 180º C, por 10-15 minutos.

Tire do forno e quando amornar esfregue as avelãs dentro de uma toalha de cozinha para remover a pele. Pique-as grosseiramente.

Bata as claras em picos leves, com o suco de limão.
Junte o açúcar, um pouco de cada vez, enquanto bate, até formar picos firmes e brilhantes.

Misture delicadamente as avelãs picadas às claras batidas.

Usando 2 colheres de chá, pegue pequenas porções da mistura (mais ou menos do tamanho de uma noz) e coloque sobre a assadeira forrada.

Leve para assar a 160º C. por 15 a 20 minutos, ou até os biscoitos ficarem com uma coloração de bege bem pálido, e secos ao toque.

Deixe esfriar no forno, com o forno entreaberto.
Armazene em potes herméticos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails