terça-feira, 24 de maio de 2016

Sopa de Brócolis e Feijão Branco


A sopa perfeita para aquecer seu inverno!

Ingredientes (4 porções)

- 1 xíc. de feijão branco cru
- 1 colher (sopa) de azeite de oliva
- 1 alho-poró, cortado em fatias finas
- 2 dentes de alho, picados
- 2 pimentas vermelhas, sem sementes, cortadas em fatias finas
- 2 litros de caldo de galinha, ou legumes
- 80 g brócolis, cortado em buquês pequenos
- 4 colheres (sopa) de queijo pecorino ralado
- pão caseiro para servir

Como Fazer

Deixe o feijão de molho da noite para o dia.

Numa panela de fundo grosso, aqueça o azeite, em fogo médio.
Junte o alho-poró, o alho e a pimenta e refogue por 10 minutos, ou até os vegetais estarem macios.

Junte o feijão (previamente escorrido) e o caldo; deixe levantar fervura, e então baixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 1 hora ou até o feijão ficar macio.

Adicione o brócolis e cozinhe por mais 5  minutos, ou até os buquês estarem al dente.

Passe a sopa para os pratos individuais, polvilhe com o queijo e acrescente um fio de azeite de oliva. Sirva em seguida.

Dica: para acompanhar, toste levemente fatias de pão e esfregue alho cru sobre as mesmas.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

A Noz Moscada


Muitas vezes o segredo de uma receita está nos temperos, esses produtos que valorizam o sabor natural de um prato ou lhe conferem aquele gostinho diferente que o torna inesquecível. Quando empregados com cuidado, combinando a quantidade certa e o uso adequado, eles transformam a culinária numa verdadeira arte.

 
A noz moscada (Myristica fragrans) é uma especiaria altamente aromática, com sabor ligeiramente doce e com perfume de campo. Este produto originário da Indonésia (Sudoeste Asiático) e da Nova Guiné (Oceania) dá um sabor especial aos suflês, aos cremes doces, aos molhos brancos, aos recheios e aos purês, principalmente os de batata. Também é usada em bebidas à base de chocolate, carnes, legumes, fondue e frutas assadas ou cozidas.


Nos mercados encontra-se a noz moscada inteira, que deve ser ralada no momento de usar, num ralo bem fino, ou em pó. A semente é envolta numa cápsula vermelha chamada macis (ou mace). O macis tem um sabor mais delicado que a noz moscada e também é usado ralado para condimentar receitas.


Benefícios fitoterápicos

Composta por óleos essenciais e minerais, a noz moscada tem mostrado efeito positivo sobre a circulação sanguínea (controle da pressão arterial), processos inflamatórios do intestino, e sobre o sistema nervoso central (efeito calmante), além de possuir propriedades antioxidantes e antibacterianas.

O uso em grandes quantidades da especiaria pode ser tóxico, já que alguns de seus principais compostos, a miristicina e o safrol, têm propriedades psicoativas. No entanto, são casos de exceção, já que, usada na dosagem correta nas receitas, só traz sabor à comida e benefícios à saúde humana. Além do mais, a noz moscada, por seu sabor e aroma marcantes, nunca deve ser usada em excesso, ou irá mascarar o sabor do alimento que estiver sendo temperado.

Croquetes
 
Receitas

Molho Branco
 
Panelinhas de Cebola
Bolo de Batata e Ricota
Rosquinhas Fritas de Maçã
Smoothie de Laranja e Banana

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Torta de Morangos


Uma torta maravilhosa, de massa leve, e recheio cremoso, excelente para ser servida em ocasiões especiais!

Ingredientes (12 porções)

Para a massa:
- 4 claras
- ½ xíc. de açúcar refinado
- 1 xíc. de farinha de amêndoas (150 g)
- 6 colheres (sopa) de manteiga derretida e ligeiramente esfriada

Para o recheio:
- 500 g de morangos
- 1 ½ xíc. de creme de leite fresco
- 3 colheres (sopa) de açúcar
- ¼ xíc. de iogurte natural
- ¼ xíc. de geleia de morango passada por peneira
- ¼ xíc. de nozes bem picadas (30 g)

Como Fazer

Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Unte e polvilhe (com farinha de arroz) uma fôrma de abrir (20 x 7,5 cm).

Numa tigela grande, bata as claras até que formem picos moles.
Aos poucos, junte ½ xíc. de açúcar, batendo até formar picos firmes.

Acrescente a farinha de amêndoas e a manteiga, misturando cuidadosamente  com uma espátula.

Coloque na fôrma preparada e asse por 20 minutos ou até que doure.
Deixe esfriar na fôrma por 30 minutos.

Passe uma faca em volta da torta e retire o aro da fôrma.
Passe uma espátula em baixo da torta para poder retirá-la do fundo.
Lave e seque a fôrma de abrir e feche-a novamente.
Coloque a torta novamente na fôrma.

Escolha 10 morangos da mesma altura e corte-os ao meio no sentido do comprimento. Arrume-os em volta da fôrma com o lado cortado para fora e a ponta para cima. Aperte bem o aro da fôrma.
Deixe os morangos restantes inteiros.

Numa tigela média, bata ¾ de xíc. de creme de leite fresco, até que comece a engrossar.
Aos poucos, junte 3 colheres (sopa) de açúcar, batendo até que se formem picos firmes. Reseve.

Arrume os morangos restantes no fundo da fôrma com a ponta para cima.
Misture ¾ xíc. de creme de leite restante com o iogurte e bata até que se formem picos firmes.
Acrescente ao creme de leite batido anteriormente.

Encha bem com o creme batido todos os espaços entre os morangos, usando um saco de confeitar.
Espalhe o restante do creme sobre os morangos e alise a superfície.

Cubra e leve à geladeira até que fique firme (no mínimo 2 horas).
Retire cuidadosamente o aro da fôrma.

Aqueça a geleia em fogo lento.
Se estiver muito grossa, junte algumas colheres (chá) de água.

Pincele os lados da torta com a geleia e aperte as nozes na parte de baixo da torta.

Leve à geladeira até a hora de servir.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Frango à Beijing


Ingredientes (6-8 porções)

- 3 peitos de frango desossados
- 2 colheres (sopa) de sal
- pimenta-do-reino preta moída na hora
- 2 colheres (sopa) de suco de limão
- 3 colheres (sopa) de manteiga sem sal
- ½ repolho pequeno, cortado em tiras finas
- 2 nabos redondos
- 1 abobrinha
- 1 cenoura grande
- 1 pimentão verde
- 1 pimentão vermelho
- 3 colheres (sopa) de molho de soja
- amido de milho
- óleo de canola (ou amendoim) para fritar

Como fazer

Corte os peitos de frango em cubos.
Tempere com 1 colher (sopa) de sal e o limão.
Deixe descansar por 15 minutos.

Enquanto isso, corte os legumes em tiras finas.

Numa panela wok (ou uma panela grande), coloque a manteiga e derreta em fogo alto.

Junte o repolho e deixe cozinhar, mexendo sempre, por cerca de 2 minutos, ou até começar a murchar.

Acrescente o nabo, a abobrinha, a cenoura e os pimentões em tiras.

Tempere com o sal restante, tampe e cozinhe, mexendo de vez em quando, por cerca de 10 minutos, ou até que os vegetais estejam al dente.

Junte o shoyu e cozinhe por mais 3 minutos, em fogo alto, com a panela destampada.
Tire do fogo e reserve, mantendo aquecido.

Passe os cubos de frango pela maisena, retire o excesso e frite-os em imersão no óleo quente, até dourarem (10 a 15 minutos por porção).

Escorra em papel toalha e sirva em seguida, acompanhado dos vegetais cozidos.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Ensopado de Grão-de-Bico e Chouriço


O friozinho chegou e é hora de investir nas sopas, ensopados e risotos...

Ingredientes (4 porções)

- 300 g de grão-de-bico
- 2 cebolas
- 1 pimentão vermelho
- 2 dentes de alho
- 250 g de chouriço
- 2 colheres (sopa) de molho de tomate
- 400 ml de tomate enlatado, picado
- 1 taça de vinho branco seco
- 400 ml de caldo de carne
- 1 colher (chá) de pimenta vermelha fresca picada
- 4 colheres (sopa) de queijo cremoso
- 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
- sal e pimenta-do-reino moída na hora
- folhas de salsa (ou coentro) para enfeitar

Como Fazer

Numa panela, coloque o grão-de-bico de molho em água, da noite para o dia.

Escorra, volte à panela, cubra com água e cozinhe por 45 minutos, ou até o grão ficar macio. Reserve.

Descasque e pique a cebola e o alho.
Tire as sementes e pique o pimentão vermelho.
Corte o chouriço em rodelas.

Numa panela, aqueça o azeite e refogue a cebola, o alho, o pimentão e o chouriço.

Junte o molho de tomates e a pimenta fresca picada, cozinhando por mais uns 3 minutos.

Junte o vinho, o caldo e o tomate picado, deixando levantar fervura.

Adicione o grão-de-bico e cozinhe por 10 minutos em fogo baixo, acrescentando um pouco mais de caldo, se necessário.

Temperar com sal e pimenta-do-reino moída na hora e misture.

Distribua o ensopado entre os pratos individuais, acompanhado de um pouco de queijo cremoso. Enfeite com folhas de salsinha, ou coentro e sirva com fatias de pão tostado.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Kimchi (conserva tradicional coreana)


Este prato é o acompanhamento mais popular da culinária coreana, indispensável na alimentação diária, junto do arroz, temperando sopas, ou até mesmo complementando um simples “ramen”. O kimchi pode ser feito com vários tipos de vegetais, mas o ‘clássico’ é o de acelga. O kimchi coreano é bem apimentado, mas a receita pode ser adaptada ao gosto de cada pessoa, sem prejudicar o resultado. Para armazenar o kimchi, dê preferência a uma vasilha de vidro, pois o plástico irá absorver o aroma da conserva (ou use um ‘tupperware’ só para este fim).

Ingredientes

- 1 couve chinesa (acelga)
- ½ xíc. de sal grosso
- 6 cebolinhas picadas
- 5 cm de gengibre ralado
- 2 pimentas vermelhas, sem sementes, picadas
- 1 colher (chá) de pimenta caiena (ou mais, a gosto)
- 2 dentes de alho picados
- 1 colher (sopa) de açúcar
- 2 ½ xíc. de água fria filtrada

Como Fazer

Descarte as folhas externas machucadas.
Corte a couve ao meio, na longitudinal, e sem seguida, em pedaços do tamanho de uma garfada.

Coloque uma camada de couve numa vasilha grande* de vidro e polvilhe com o sal grosso. Continue alternando camadas de couve e sal, concluindo com uma camada de sal. *ou 2 ou 3 vasilhas menores.

Cubra com um prato invertido ajustado ao topo da couve.
Coloque um objeto pesado sobre o prato, e deixe num lugar fresco de um dia para o outro.

No dia seguinte, retire o prato e escorra o líquido que irá se formar.
Em seguida passe a couve por água fria corrente.

Esprema o excesso de água e coloque a couve dentro do recipiente de armazenamento previamente esterilizado.

Misture à couve a pimenta em pó*, a pimenta fresca**, a cebolinha, o alho, o gengibre e o açúcar. Misture bem para que os temperos penetrem na couve.

*Se não encontrar pimenta em pó, pode substituir por pimenta vermelha em flocos (só que o kimchi não terá o belo tom avermelhado característico).
** A pimenta fresca pode ser substituída por pasta de pimenta malagueta de conserva (mas cuidado com a quantidade, pois é bem mais forte!).

Cubra com a água fria (2 ½ xíc.) e feche com uma tampa hermética (para conservar bem, e para que o odor não vaze).

Leve à geladeira por 3-4 dias antes de consumir.

sábado, 7 de maio de 2016

Torta Gelada de Manga


Ingredientes (6 porções)

- 1 manga
- 2 laranjas
- 2 iogurtes gregos
- 2 claras de ovo
- 16 g de açúcar de baunilha
- 1 colher (chá) de açúcar de confeiteiro
- 1 pacore de gelatina em pó sem sabor (ou 2 folhas)
- 1 colher (sopa) de sementes de gergelim

Como Fazer

Esprema 1 laranja e leve o suco para aquecer numa panela, sem chegue a ferver.

Coloque a gelatina de molho em água fria por 10 minutos.

Descasque a manga e corte a metade da polpa em cubinhos.
Pique a outra metade e reserve.

Junte a gelatina ao suco de laranja na panela, e metade do açúcar de baunilha, misturando bem até dissolver tudo.


Numa tigela, coloque o iogurte com os cubinhos de manga e o preparado de suco de laranja. Misture bem e deixe esfriar.


Bata as claras em neve com o açúcar de confeiteiro.


Incorpore as claras ao creme de iogurte, misturando de cima para baixo, sem bater.

Derrame o conteúdo dentro de um molde de silicone redondo (22 cm diâmetro).

Leve ao congelador por 1 hora.

Esprema a laranja restante e bata o suco junto com a manga picada e a outra metade do açúcar de baunilha. Reserve o molho.

Numa frigideira antiaderente, leve ao fogo para tostar o gergelim, cuidando para não deixar queimar.


Tire o molde congelador 20 minutos antes de servir.

Corte a torta gelada em triângulos e distribua nos pratos.
Acompanhe do molho de manga e polvilhe com o gergelim.
Sirva em seguida.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails