terça-feira, 5 de outubro de 2010

Sinal Vermelho Para os Aditivos

Corantes artificiais em alimentos foram ligados à hiperatividade em jovens, em estudos realizados na Inglaterra.

Na Austrália, uma rede de supermercados retirou de suas prateleiras produtos que contenham esses corantes, e ao menos três marcas de alimentos resolveram remover esses aditivos artificiais dos seus alimentos.

Algumas agências nacionais de controle de alimentos hesitam em proibir os corantes suspeitos (sunset yellow (E110), quinoline yellow (E104), carmoisine (E122), allura red (E129), ponceau 4R (E124), and tartrazine (E102), por não haver evidências suficientes de seus malefícios. Os corantes sintéticos estão presentes em mais de 1000 produtos disponíveis na Austrália, muitos deles destinados ao consumo infantil.
Os corantes, segundo estudo da universidade britânica de Southampton, em 2007, estão associados ao comportamento das crianças, e foram retirados dos supermercados voluntariamente, após recomendação da ‘British Food Standards Agency’.

A União Européia legislou, no mês passado, que alimentos contendo aditivos deveriam levar em suas embalagens o aviso: “Tartrazine (ou um dos outros corantes) pode ter reação adversa na atividade e atenção das crianças.”

Um relatório desse ano do Centro para Ciência de Interesse Público dos EUA, intitulado “Corantes de Alimentos: Um Arco-Íris de Riscos” (“Food Dyes: A Rainbow of Risks”), divulgou que corantes podem representar um risco de câncer, hiperatividade nas crianças e alergias, e requisitou que sejam banidos no país.

Dois terços das mães australianas notaram mudanças de comportamento em seus filhos após comerem alimentos contendo corantes artificiais e conservantes, de acordo com uma pesquisa do grupo Karitane.

As mães pesquisadas disseram que os filhos se tornaram mais agitados, hiperativos, erráticos, difíceis de acalmar e mesmo agressivos.

Uma pesquisa da Associação Dietética da Austrália descobriu que 21% das crianças com nove meses de idade são alimentadas com biscoitos e bolos, todos os dias.


A maioria das mães percebeu claramente algum tipo de ligação entre os momentos em que alimentavam seus filhos com algo que contivesse conservantes e corantes, e mudanças no comportamento. Portanto, as mudanças em seu comportamento podiam ser qualquer coisa entre muita agitação, tornar-se muito perturbado e angustiado, e difícil de acalmar. Em crianças mais velhas e pré-escolares, as mães descreveram-nos como hiperativos.

O conselho para essas mães foi o de evitar alimentos com corantes artificiais.

Muito se fala sobre os perigos da obesidade na infância, mas esses produtos químicos afetam o humor das crianças, seu comportamento, sua habilidade de se concentrar em sala de aula, e de aprender.

Na Austrália, a Nestlé já parou de usar corantes em alguns produtos.

O poder do consumidor não deveria ser subestimado. Os médicos têm prescrevido drogas para modificar o comportamento das crianças, mas em alguns casos esse comportamento é causado por suas dietas alimentares. Se as pessoas pararem de comprar produtos com corantes e conservantes, os fabricantes vão parar de usá-los.

Como no caso de alimentos alergênicos, não é banindo esses produtos que acabamos com o problema, mas sim através da rotulagem. Por lei, todos esses aditivos artificiais devem ser listados no rótulo do produto, para que saibamos se nós, ou nossos filhos, temos alguma reação ao corante, e se for o caso, que esse produto não seja mais comprado.
leia o artigo completo...


Principais corantes suspeitos e produtos onde podem estar presentes:

E102 - TARTRAZINE - massas, bolos, biscoitos, caramelo, sorvete, conservas, chocolates, água mineral com sabor, refrigerantes e álcool.

E104 - massas, bolos, biscoitos, caramelo, sorvete, conservas, chocolates, balas, comida de bebê, água mineral com sabor, refrigerantes e álcool.

QUINOLINE YELLOW – pirulitos, balas, sorvete, água mineral com sabor, enxaguantes bucais, remédios.

E110 - SUNSET YELLOW – Bolos, biscoitos, água mineral com sabor, cremes, chocolates, jujubas, sorvetes, tortas de carne, pizza.

E122 – CARMOISINE – bolachas, leite flavorizado, sorvetes, licores, pães doces, biscoitos, doces, marshmallows, cobertura de morango.

E124 - PONCEAU 4R - geléia, pasta de curry, sorvetes, leite flavorizado, pudim instantâneo, chocolates, jujubas, pizza.

E129 - ALLURA RED - chocolates, pirulitos, chicletes, bebidas alcoólicas flavorizadas, milkshakes, sorvetes, barras de cereais, cerejas em conserva, medicamentos.

Observação: Esse artigo é meramente informativo. Se você tem dúvidas sobre os alimentos que está consumindo, consulte um nutricionista antes de decidir eliminá-los de sua dieta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails