terça-feira, 6 de maio de 2008

Tipos de Arroz


O Arroz é o alimento básico para mais da metade da população mundial.

No Brasil, acompanhado do feijão, continua sendo dos pratos mais consumidos, fator importante de uma alimentação balanceada e nutritiva.

Com inúmeras variedades, a sua utilização varia de acordo com a região e o prato que se quer preparar.

O arroz que se encontra à venda pode ser classificado segundo o tamanho do grão (longo, extralongo, agulha) e segundo o tipo de tratamento a que é submetido, desde o integral ao pré-cozido e ao refinado.


O arroz branco de grão longo é uma das variedades mais populares. Tem um sabor delicado e o descasque retira-lhe as camadas exteriores da cutícula e farelo.

O arroz integral de grão longo é mais saboroso, mantendo a camada de farelo depois de um descasque mínimo. Isso significa que o arroz integral contém mais vitaminas, minerais e fibra do que o arroz branco, sendo por isso mais nutritivo.


Gomoso
Pegajoso depois de cozido, este arroz é muito usado no Extremo Oriente. Quase redondo, tem um sabor levemente adocicado. É o que chamamos de “arroz Japonês”, que também é comercializado na forma integral.


Risotto
Arroz de grão médio que absorve bem a água, formando uma massa cremosa depois de cozido. Usado na cozinha italiana.


Basmati
Arroz aromático de grão longo, geralmente usado em pratos indianos. É considerado o arroz de maior qualidade.


Jasmim
Arroz aromático, semelhante ao basmati, mas com textura mais gomosa. Muito usado na cozinha chinesa e thai.


Trinca
Arroz de grão redondo, ideal para usar em pudins e doces. Os grãos têm amido e aglomeram-se enquanto cozem.


Arroz selvagem
Não se trata na realidade de arroz, mas das sementes de uma erva aquática selvagem da América do Norte. Os grãos são longos, esguios e negros, ricos em vitaminas do complexo B (à excepção da vitamina B12). O arroz selvagem é muitas vezes utilizado em saladas, misturado com arroz basmati.

Texto adaptado da página:http://bit.ly/cQTyAd

Como aproveitar o arroz que sobrou!

Um resto de arroz cozido tem sempre aproveitamento. Pode por exemplo, servir como recheio para pimentões ou tomates, ou pode ser misturado com legumes cozidos e temperado com molho de salada para fazer uma salada de arroz.

Sobras de arroz branco podem ser misturadas com ovos e queijo para fazer deliciosas almôndegas de arroz, que podem ser servidas apenas com molho de tomate como entrada ou com uma boa salada de legumes para um almoço ou jantar simples.


Também são excelentes para acompanhar salsichas grelhadas e fiambre ou peixe grelhado ou frito.

O arroz cozido pode igualmente ser utilizado para saltear com qualquer tipo de legumes que tiver à mão, tais como cenouras, tomates cereja, courguettes, cogumelos, pimentões ou cebolas cortados em rodelas finas ou raladas.


Sobras de arroz japonês são ótimas para fazer bolinhos – molhe as mãos e faça as bolinhas, salpicando gergelim branco depois de prontas – puros, ou recheados com ingredientes de sua preferência (como queijo, presunto, legumes).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails